FOTOS

Associação Bezerra de Menezes faz aniversário em janeiro
Completando 73 anos, a Associação Espírita Beneficente Dr. Adolfo Bezerra de Menezes tem como objetivo dar amparo espiritual e material ao idoso carente e difundir a doutrina espírita

por Arilton Batista

São mais de sete décadas destinadas ao auxílio da pessoa idosa e carente, fomentando a doutrina espírita, por meio de cursos e palestras, e praticando a caridade. Formada pela união do Centro Espírita Bezerra de Menezes e do Abrigo da Velhice Desamparada, a Associação Espírita Beneficente Dr. Adolfo Bezerra de Menezes completa 73 anos no dia 15 de janeiro. Com o claro objetivo de auxiliar as pessoas mais necessitadas no âmbito espiritual e moral, em 1940 o pedreiro mineiro de Belo Horizonte José Nascimento Bacelar criou, com a ajuda de alguns companheiros, o Centro Espírita Bezerra de Menezes, de início localizado numa sala alugada à Rua Caquito, no centro do bairro da Penha. Com o aumento dos participantes nas reuniões e palestras, Bacelar percebeu a necessidade da criação de uma sede própria. 

Foi então que, com o apoio do público que frequentava o local, que criou campanhas de doações, conseguiu fundar, em 15 de janeiro de 1941, não só a sede para o centro espírita como, posteriormente, um espaço para abrigar os idosos desamparados do bairro. Como não havia muitas exigências rigorosas e a instituição não possuía muitas condições, a Associação se limitava a abrigar e dar alimento aos idosos carecidos. O objetivo era suprir as necessidades básicas e primárias dessas pessoas. Hoje em dia, devido às exigências feitas pelos órgãos regulamentadores, como o Estatuto do Idoso, por exemplo, a Associação oferece serviços diversos, com total infraestrutura para atender aos anseios daqueles que precisam. 

Os quase 200 idosos abrigados em duas das três unidades da associação – Penha e Itaquaquecetuba – são atendidos com serviços de fisioterapia, dentista, psicologia, salão de beleza com horário agendado, dentre outros. Além dos colaboradores voluntários que se dispõem a contribuir com a instituição, outros mais de 230 funcionários contratados atuam para o bem estar dos idosos. Há também uma equipe de gerontologia que busca implementar a inclusão digital, dentre outras iniciativas importantes para o cotidiano dos idosos. “A nossa avaliação sobre o trabalho realizado é como a mãe que olha os filhos.  





Nós da direção de hoje da Associação sentimos que houve um grande crescimento. Nós evoluímos muito no amparo ao idoso”, comenta a presidente da Associação, Maria Ferreira Xavier. Ao visitar o Abrigo é possível perceber o tamanho da responsabilidade e daseriedade aplicadas pelos trabalhadores e administradores da casa. Tudo lá é organizado como numa grande empresa, desde a recepção até a despensa. No refeitório, mesas e cadeiras limpas e confortáveis. Há também uma moderna rampa de acesso, que também serve como escape. Uma sala foi disponibilizada para a alfabetização, aulas de informática e leitura. Lá, gerontólogos acompanham as atividades dos idosos. A cada dois dormitórios, equipados com camas e gaveteiros, há uma sala de enfermagem. 

O depósito de remédios do Abrigo contém os medicamentos específicos para o tratamento de cada idoso, de acordo com as avaliações feitas pelos médicos da própria Associação. Muitas das janelas foram substituídas dos últimos anos para cá. Hoje a maioria é feita de vidro, para permitir um maior acesso da luz natural e do sol. Além disso, numa das paredes internas foram substituídos os blocos cinza por tijolos transparentes. Uma outra sala, também ampla e arejada, é utilizada para eventos cotidianos, como a comemoração dos aniversariantes do mês e sessões de cinema. Na despensa, organizada por uma equipe de logística, há alimentos separados por grupos e distribuídos em prateleiras e empilhados sobre páletes. 

Grande parte desse material é fruto de doações. Outros produtos, porém, são adquiridos através da compra direta, motivada por doações feitas em dinheiro também de forma voluntária. Um jardim foi adaptado para que os idosos possam ler, conversar e descansar. Neste local há diversas plantas frutíferas. Segundo Maria Xavier, essas plantações e o ambiente fazem com que os abrigados relembrem do passado. Sendo uma instituição kardecista, a Associação Beneficente Dr. Adolfo Bezerra de Menezes carrega consigo um dos princípios básicos da doutrina espírita, que é a caridade. Porém, o auxílio dado aos idosos pelo Abrigo da Velhice, segundo Maria Xavier, não seria possível sem a contribuição dos adeptos, que fazem as doações de mantimentos, dinheiro, roupas, móveis, materiais de limpeza e a própria doação de horas de trabalho voluntário. 

“A caridade que fazemos aqui é mais no papel de administradores. Porque quem realmente mantém essa instituição funcionando são os doadores. São aquelas pessoas que, de boa vontade, fazem sua contribuição material, financeira ou doam suas horas de trabalho voluntário. A caridade é de todos que estão envolvidos no trabalho que a Associação vem desenvolvendo há 73 anos”, defende a presidente. O auditório da Associação recebe, em média, seis mil pessoas por semana, que acompanham as palestras com temática espírita e estudam os preceitos da doutrina. 

Os outros dois espaços da instituição também oferecem palestras e cursos e ficam na Vila Nova Curuçá e em Itaquaquecetuba – este último também com auxílio a idosos. Para manter e arcar com as despesas dos trabalhos realizados no auditório são colocadas à venda literaturas espíritas e também os chamados livros da codificação (O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelho Segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno e A Gênese). “Nós temos como parâmetro Jesus, que, além da sabedoria, era a expressão maior do amor que a gente conhece aqui na Terra. O nosso auditório recebe muitas pessoas toda semana. Esse consolo espiritual que a doutrina espírita traz é bastante importante”, conta Maria Xavier. 

As pessoas que têm interesse em contribuir com o Abrigo da Velhice, da Associação Espírita Beneficente Dr. Adolfo Bezerra de Menezes, podem entrar em contato por telefone (11-2164-1800) e se informar sobre as oportunidades de trabalho voluntário. Para doações em dinheiro existem três contas para depósito (Banco Bradesco, agência 118-0, conta corrente 132500-0; Banco Santander, agência 0107, conta corrente 13 00220-6; e Banco Itaú, agência 0139, conta corrente 00330-5). Aos que pretendem fazer doações de produtos alimentícios, roupas, móveis, etc., o endereço é Rua Dona Vicentina Alegretti, 265. Para comemorar os 73 anos da Associação, um evento musical com artistas líricos acontece no dia 12 de janeiro, às 15h, no auditório – Centro Espírita. “É uma comemoração simples, porém muito importante. Nosso convite é aberto a todos”, finaliza Maria Xavier.


 

Voltar