FOTOS

Fazer uma alimentação saudável e segura fora de casa exige alguns cuidados e vale a pena receber algumas dicas da nutricionista. A ideia é cuidar da saúde sem contrair nenhuma infecção intestinal e manter-se longe das doenças crônicas não transmissíveis (dcnt) como: diabetes, obesidade, pressão alta, doenças cardiovasculares, colesterol/triglicérides alto e câncer, todos provocados pela má alimentação.

Uma alimentação equilibrada visa promover a saúde

Preste mais atenção em sua alimentação, modifique hábitos que estão em desacordo com as dicas abaixo e procure fazer uma atividade física. O segredo é não pular refeições, ficar longe dos alimentos ricos em gorduras e os industrializados.

Faça escolhas para se alimentar bem.

Preste atenção no tamanho do prato executivo que pode fornecer calorias para um pedreiro ou operador de britadeira, mas que é exagerado para quem trabalha em escritório, loja, hospital.

Os sucos de frutas naturais são saudáveis, possuem vitaminas, antioxidantes e fibras, mas não exagere e consuma-os sem açúcar.

O azeite tem gorduras de boa qualidade, mas em excesso engorda. Use no máximo uma colher de sopa por refeição.

Escolha alimentos assados, cozidos ou grelhados e evite consumir frituras diariamente, coloque no máximo uma preparação frita no prato/ uma vez por semana.

Sugestões para o almoço ideal

Dicas para o lanche

Além de uma refeição equilibrada, a higiene é fundamental.

Cuidado com os alimentos vendidos por ambulantes: poluição, insetos, ausência de água para lavagem de mãos e utensílios podem causar infecção intestinal.

Quem serve ou vende alimentos não deve cobrar ou fazer troco

Barba feita para os homens; unhas curtas e sem esmalte para todos!

* "Cartilha da alimentação saudável fora do lar"- Conselho Regional de Nutricionistas-São Paulo

Edina Aparecida Tramarin Trovões • Nutricionista CRN3-1579 • edina.trovoes@terra.com.br

Faça lanches entre as principais refeições, porque mantém a glicemia estabilizada evitando picos de muita fome, diminui o stress e melhora o humor. Por isso, é importante se alimentar a cada 3 horas.

Algumas sugestões de lanche:

Barra de cereais sem gordura vegetal hidrogenada,

Ovo cozido, pode ficar na própria casca por 12 horas fora da geladeira

Frutas ou suco de frutas sem açúcar

Castanha de caju, castanha do Pará e amêndoas

Leite com café ou achocolatado, associado a 1 fruta ou 1 barra de cereal

Frutas secas como damasco, banana passas, etc.

Comece pela salada ou caso utilize um único prato divida-o ao meio: metade dele deve ter vegetais frescos ou cozidos, tais como: tomate, cenoura, abobrinha, alface, etc. Tempere a salada com azeite, limão ou vinagre evite o sal e os molhos de saladas gordurosos.

Divida a outra metade em duas partes:

Em uma parte coloque apenas um alimento fonte de carboidrato: arroz, batata, mandioca, milho, macarrão, farinhas em geral.

Na outra parte coloque 1 porção de proteína, como: filé de frango, peixe ou carne, grelhado ou assado, ou ovo/omelete, ou proteína de soja. Deixe de lado a linguiça e a salsicha

Como sobremesa prefira as frutas, se comer doce então opte pelos doces de frutas ou gelatina (2 colheres de sopa). Evite sorvetes e doces com chantilly, são muito calóricos.

Evite bebidas durante as refeições, se não conseguir, beba agua.


 

Voltar