FOTOS

Em um evento onde se trata o alimento e a bebida como cultura, li o seguinte texto:

"Não saímos de casa para comer e beber. Saímos para nos encontrar, para

compartilhar vivências. E porque isto nos faz bem, comemos e bebemos como forma de partilhar, para celebrar o encontro.

É no comer e no beber juntos que os seres humanos mais celebram a alegria de viver e conviver".

(Texto do banner - Revelando São Paulo – 2011)

O homem é o único animal que bebe independente da sua necessidade física! Bebemos para compartilhar, conviver e celebrar. Alguém aí já viu, por exemplo, um cachorro chamando outro para beber água e conversar? Entre outros, esse é um dos fatores que nos distingue dos outros seres vivos do nosso planeta.

Por volta de 10.000 anos o ser humano consome bebidas alcoólicas e, por curiosidade ou necessidade, no decorrer dos anos, passaram a misturá-las entre si, com frutas, sucos, raízes, refrigerantes, etc...

A Lei Seca que foi promulgada nos EUA e que proibiu a fabricação, comércio e consumo de bebidas alcóolicas durante a década de 20, foi importantíssima para a propagação da coqueteleira. Para enganar a polícia ou para amenizar o gosto ruim das bebidas fabricadas clandestinamente e sem nenhum controle de qualidade e higiene, costumava-se misturar sucos, chás, café ou refrigerantes às bebidas. Algumas misturas faziam tanto sucesso que passaram de boca em boca, criando uma espécie de "receituário clandestino" de coquetéis.

Cocktail, na sua definição, é a mistura de duas ou mais bebidas, alcoólicas ou não alcoólicas. Partindo desse princípio, nascem bebidas simples ou complexas misturas, que surpreende todos os sentidos, não só o paladar.

Eu acredito que cozinheiros de restaurantes não tem a mesma oportunidade dos bartenders! Cozinheiros preparam os pratos e ficam muitas vezes na cozinha, não presenciam a reação dos clientes quando os provam! Já os bartenders misturam as bebidas para o preparo dos coquetéis à frente dos clientes e eles sim, presenciam suas reações, positivas ou negativas.

E você não precisa ser um bartender profissional para arriscar a fazer seus coquetéis. E já que beber é uma forma de celebrar, já pensou em receber seus amigos em casa com misturas surpreendentes?

Se pararmos para reparar, temos bebidas no dia a dia que podem ser misturadas entre si e trazer uma outra sensação no paladar. Seu chá de canela, misturado com suco de maracujá trará um sabor exótico e surpreendente. O café gelado, misturado com suco de laranja é uma delícia, experimente! Esprema aquela tangerina que está na fruteira e misture com água de coco e mel. Ainda com frutas, bata melancia com uma lasca de gengibre e suco de limão e descubra uma bebida muito refrescante!

Quer arriscar um pouco mais com algumas receitas alcóolicas?

O chocolate quente com um pouco de conhaque esquenta até a alma! O vinho espumante branco pode ser misturado com suco de pêssego. Folhas de hortelã macerada com suco de limão, açúcar, Rum e club soda fia uma delícia. Pergunte aos piratas!

E como todo brasileiro deve divulgar a caipirinha, nosso genuíno cocktail, não pode faltar nessa lista. Além da tradicional com limão, açúcar, gelo e cachaça, as variações também podem ser feitas.

Agora é só reunir as bebidas, os ingredientes e os amigos!

Saúde!

Lembre-se: Beba com moderação e, se beber, não dirija!

Dicas de Drinks:

Maracuchá:

30 g de maracujá

200 ml de chá de canela

Modo de preparo:

Coffee Orange:

70 ml de café gelado

200 ml de suco de laranja.

4 pedras de gelo

Modo de preparo:

Hidramel:

150 ml de suco de tangerina

100 ml de água de coco

50 g de mel

4 pedras de gelo

Modo de preparo:

Alzira:

100g de melancia

Lasca de gengibre

20 ml de suco de limão

4 pedras de gelo

Modo de preparo:

Choconhaque:

200 ml de leite quente

3 colheres (chá) de chocolate em pó

30 ml de conhaque.

Modo de preparo:

Bellini:

100 ml de vinho espumante brut

30 ml de suco de pêssego.

Modo de preparo:

Mojito:

08 folhas de hortelã

10 ml de suco de limão

1 colher de chá de açúcar

50 ml de Rum prata

100 ml de Club soda

04 pedras de gelo

Modo de preparo:

Caipirinha:

Cachaça – 65 ml

Açúcar – 3 colheres de bar

Limão (tahiti ou galego) – 1 unidade

Modo de preparo:

Corte as duas extremidades do limão e em seguida, corte-o ao meio. Tire o miolo, corte em fatias e coloque em um copo on the rocks (copo para whísque). Acrescente 3 colheres de bar (bailarina) de açúcar e macere. Adicione o gelo e a cachaça. Com a bailarina, misture de baixo para cima e sirva com canudo e mexedor.
Em um copo longo, macere o hortelã com o açúcar e o suco de limão. Coloque o gelo, acrescente o rum e complete com o Club soda (ou água com gás). Sirva com canudo e uma rodela de limão!
Em uma taça para champanhe, coloque o suco de pêssego e o espumante. Mexa devagar (para não dissipar o gás do vinho) e sirva.
Em uma xícara de chá, coloque o leite quente, dilua o chocolate e adicione o conhaque. Misture e sirva.
Em um liquidificador, bata o gelo, a melancia, o gengibre e o suco de limão. Coe e sirva em um copo longo com gelo. Adoce se necessário.
Em um liquidificador, bata o suco de tangerina, a água de coco e o mel com gelo. Adoce (se necessário), coe e sirva em um copo longo com gelo.
Em um copo longo com gelo, coloque o café, o suco de laranja e misture com uma colher. Adoce se necessário.
Em um liquidificador, bata o maracujá e o chá de canela com gelo. Adoce (se necessário), coe e sirva em um copo longo com gelo.

 

Voltar