FOTOS

E agora, com que roupa eu vou?



Imagine a cena. Uma mulher tem um super evento para ir, chega em casa, entra no closet para escolher sua produção, prova vários e vários modelos em busca de um que lhe caia bem para o ocasião, e nada. Perde mais algum tempo ali, tentando escolher algo que fique incrível, mas nada encaixa. Os mais bonitos já foram usados e os que nunca foram usados deixam uma dúvida.

Qual a solução? Correr para o shopping para conseguir comprar algo sensacional rápido, para não perder tempo! Então vai lá, entra na sua loja habitual, escolhe alguns looks, mesmo sabendo que seu closet esta cheio de opções, acaba gastando um pouco mais, leva algumas peças - até mesmo algumas dúvidosas. O importante é não errar, afinal, estar absolutamente incrível em um evento é o que toda mulher deseja. Chega em casa, escolhe dentre as peças que comprou o look perfeito e pronto! 
Vamos lá. 

Aposto que muitas de vocês já passaram por essa situação, ter um closet cheio de opções, algumas que você adora, mas só sabe usar ou combinar de uma maneira, não podendo repetir mais, pois já usou bastante. Outras que você achou linda na hora da compra, mas quando chegou em casa estacionou a peça e, por mais que prove, nunca consegue combinar ou achar que cai bem no seu corpo. Pois bem, isso acontece com a maioria das mulheres por alguns detalhes, como não conhecer as proporções de seu corpo e não ter um estilo definido. É muito importante para a mulher conhecer, entender e acompanhar as mudanças da forma do seu corpo para poder se vestir com segurança, pois a forma como nos vestimos traduz como queremos ser vistas pela sociedade, sedo que se torna uma das questões que elevam a nossa alto-estima. Conhecer o corpo significa entender suas proporções, saber valorizar o que é bonito em seu corpo e disfarçar o que não te agrada. E, para isso, é interessante que você se auto-analise criticamente de uma maneira positiva, sabendo que isso irá te ajudar posteriormente. Um dos grandes motivos de comprar peças de roupa que você provavelmente não irá usar é o fato de não conhecer suas formas e adiquirir a peça apenas por ser bonita ou estar dentro da tendência atual. Se atentem para comprar peças que em primeiro lugar lhe caiam bem e respeitem suas proporções. Modismo e tendências muitas vezes devem ser deixadas de lado na decisão da compra.

Uma situação delicada é também quando acontecem mudanças no nosso corpo, como um pós-parto, ou quando ganhamos uns quilinhos a mais. Está aí mais um momento para nos analisarmos em frente ao espelho para entendermos o que mudou no corpo e o que deve ser valorizado, e o que deve ser disfarçado. Esse exercício é indispensável nesses casos e ajuda muito na hora de escolher seu look. 

Que tal dar uma geral no seu guarda roupas? Olhe as peças, experimente e veja o que realmente lhe caí bem e o que está lá apenas por ser bonito, mas não valoriza suas formas. Exercite dessa maneira para já ter uma idéia das próximas vezes que precisar montar suas produções.

E, para finalizar, uma dica que é muito importante também tanto na hora de compor seus looks, como na hora de comprar. Ter um estilo definido facilita muito para apresentar sua personalidade socialmente, ou seja, existem mulheres mais clássicas, outras mais modernas, as mais fashions, as mais básicas, as românticas. Cada estilo tem seu jeitinho pessoal de compor e escolher roupas, e saber exatamente qual é o seu faz com que você consiga comprar peças que combinem entre si, para poder variar looks dentro das peças que você já possue.

Essas são algumas dicas que podem ajudar na praticidade na hora de escolher o look perfeito para aquela ocasião importante. Ou mesmo os looks diários, com mais facilidade, afinal, se suas compras são mais conscientes, as suas opções serão mais vastas!

Luana Gisbert • Consultora de Moda • Formada em moda e especializada em Consultoria de Imagem pelo Instituto Marangoni de Milão


 

Voltar