FOTOS

A moda das dietas ou as dietas da moda

Dieta é um termo que geralmente é confundido com regime de emagrecimento.

Conceituando: dieta é tudo o que uma pessoa come e bebe durante o dia, independente de engordar, emagrecer ou manter o peso.

Muitas dietas da moda emagrecem temporariamente porque as calorias ingeridas são reduzidas, mas, como é difícil seguir o novo cardápio por muito tempo, engorda-se novamente, até mais do que antes. É o famoso efeito sanfona!

Muito mais importante que emagrecer é conseguir conservar o peso adequado. É necessário entender que emagrecer é um “processo” que exige uma “mudança no estilo de vida” e isto não acontece da noite para o dia. O tempo que leva este processo varia muito de pessoa para pessoa. O que funciona mesmo é aprender a comer certo.

Façamos uma análise crítica de algumas dietas de emagrecimento sem pretensão de abranger o universo total destes regimes, pois enquanto você está lendo este texto, alguma nova moda já foi lançada por aí.

Atkins
Dieta de proteínas criada pelo Dr. Robert Atkins na década de 70, baseia-se no consumo de proteínas animais sem restrição de gorduras e pobre em carboidratos. É provocado um estado alterado do metabolismo, conhecido como “cetoacidose”, consequência da queima de gorduras como fonte de energia para o corpo.
O cardápio desta dieta é monótono e de difícil digestão. Os alimentos são caros e a ilusão do comer sem limites se desfaz quando se percebe que o consumo de pães, massas, frutas e doces é proibido.

Dieta da USP
Ninguém sabe quem foi o autor, mas ela não tem sua origem em estudo realizado por profissionais da USP.
Ingerem-se alguns alimentos proteicos como presunto, ovo e carne, e restringem-se alimentos fontes de carboidratos. Trata-se de um cardápio de 7 dias, repetido por mais 7 dias.
É uma dieta totalmente desbalanceada, não possui nenhum fundamento científico. 

Dieta da lua
Baseia-se na ingestão de líquidos por 24 horas após a mudança de fase da lua. Composta por suco de frutas, chás, caldos de carne, de frango ou de legumes, gelatina, pouco café, mais de um litro de água ao dia. Não podem ser consumidos líquidos adoçados, como refrescos e refrigerantes, nem vitaminas ou sopas cremosas.
É uma dieta desbalanceada, não comprovada, que leva a pessoa a comer em dobro no dia seguinte.

Dieta do Tipo Sanguíneo
Criada por James D’Adamo em 1982. O autor divide os alimentos em três categorias: benéficos, neutros e nocivos, listando os que devem ser consumidos ou evitados por cada pessoa de acordo com seu tipo sanguíneo.
Sangue O: Rica em carnes elimina laticínios e cereais.
Sangue A: Contêm cereais e soja, elimina carnes vermelhas e laticínios.
Sangue B: Contêm carnes e peixes pouco usados aqui no Brasil como cordeiro, coelho, veado, truta e caviar.
Sangue AB: Permite uma variedade maior de alimentos. Mesmo assim, recomenda evitar frutas como laranja e banana.
Comentário: Apesar de parecerem coerentes ao leigo, nenhuma das informações que são dadas apresenta comprovação científica.

Dukan
É uma reedição de dieta de proteínas feita pelo médico Pierre Dukan. Todos os carboidratos são reduzidos no início, introduzindo-os quando o emagrecimento é atingido. É dividida em quatro fases:
Fase de Ataque: Duração de 2 a 7 dias, permitidos apenas alimentos de origem animal ricos em proteína e gordura.
Fase de Cruzeiro: Adicionados alguns legumes e todos os vegetais folhosos em dias alternados até se atingir o peso desejado.
Fase de Consolidação: Tem a duração de 10 dias para cada quilo perdido nas fases anteriores. Acrescentam-se alguns alimentos contendo carboidratos.
Fase de Estabilização Permanente: São 3 regras básicas para serem seguidas sempre: a fase de ataque deve ser repetida uma vez por semana, a atividade física e o consumo de 3 colheres de aveia por dia também serão mantidos indefinidamente.

Comentário: Dietas de moda passam informações nutricionais não comprovadas, são desequilibradas nutricionalmente e não estimulam a adoção de hábitos alimentares saudáveis.

Janice Chencinski  • Nutricionista CRN3 - 204 
janicenutri@yahoo.com.brwww.doutormoises.com.br


 

Voltar