FOTOS

Saber escolher o seu destino
Hatiro Shimomoto

O que você entende por destino?

É comum ouvir dizer: “O que fazer! Este é o meu destino!”, como se quisesse dizer: “Eu aceito esta situação porque este é o meu destino”.

Muitos se acomodam com a situação porque este é o destino traçado pelo seu Pai ou em outras palavras, por Deus Nosso Senhor.

E eles não estão errados por estarem sempre com esses pensamentos.  Vivendo a vida exatamente da maneira que pensaram.

Geralmente essas pessoas estão cercadas também por amigos ou parentes que compactuam com os mesmos pensamentos.

Com isso, formam um círculo vicioso em seu ambiente, concluindo que a vida dos homens funciona dessa forma.

E você o que pensa?   Isso é verdade?

Se isso for verdade, alguém se atreveria a mudar?   A mudança iria contra os mandamentos do Criador?   Será que Ele nos criou fracos e impotentes?

Por que aqueles que não pensam e agem assim são bem sucedidos?   Seu destino é muito diferente de outros que não conseguem e vivem patinando sem se estabilizar, mal dando para viver?

Há pessoas que afirmam: “Tenho o destino que pedi a Deus, Ele me atendeu.”, “Graças a Deus tenho um destino maravilhoso, não posso reclamar.   Seria pecado eu querer mais do que tenho”, outros pensam: “O mundo é maravilhoso, tudo que eu penso acontece, tudo que faço dá certo”, “Estou abençoado, orientado e protegido por Deus e meus antepassados, tudo é maravilhoso, tudo é ótimo!”.

Você acredita em anjo da guarda?   Acredita em protetor, como os gurus?

Cresci num ambiente onde sempre me foi dito que os anjos da guarda existem e se pedirmos proteção aos nossos antepassados, a teremos.   No entanto, é preciso acreditar, com fé.

Tenho por hábito dentro do carro, ônibus ou avião, quando começa a se movimentar, coloco as mãos em posição de oração e mentalizar o seguinte: “Este carro (ônibus ou avião) está abençoado, orientado e protegido por Deus e meus antepassados, de frente, de trás, do lado direito e do lado esquerdo, de cima e de baixo, todos os passageiros e tripulantes, até o destino desta viagem”.

E me sinto realmente abençoado e sigo a viagem tranquilo e calmo, envolto em uma auréola de proteção.

O destino muda a cada instante, quando se tem fé e acredita naquilo que se deseja.

O destino é traçado pela própria pessoa da forma que pensar.

O psicólogo inglês, Frank Buckman disse: “O pensamento se torna ação; a ação gera o hábito; o hábito forma o caráter; e o caráter define o destino”.

Assim o destino é o resultado do seu pensamento. Pense grande e se torne grande.



Hatiro Shimomoto é escritor, Presidente da Organização King de Contabilidade; Hatiro Shimomoto Advocacia; TRIJAB - Tribunal de Justiça Arbitral do Brasil; ABRADE - Associação Brasileira de Defesa das Empresas;  Dep. Estadual 6 madatos. Professor, advogado e contabilista.


 

Voltar