FOTOS

Caderno de Noiva - As Festas de Casamento

da Simplicidade a Excentricidade


Ao perguntar a uma mulher qual é o dia mais importante da sua vida, a grande maioria certamente responderá “o dia do casamento”. 

Não há questionamento o quanto essa tradição tem papel de destaque na nossa cultura, e como o sonho da festa de casamento perfeita induz milhares e milhares de casais a disporem somas absurdas de dinheiro para realizá-la.

Não se trata apenas de uma celebração, de um rito de passagem, ou até mesmo de uma celebração religiosa, as festas de casamento cresceram tanto em tamanho quanto em criatividade; a busca da personalização de cada item, de algo exclusivo, que vai do destaque em cada guardanapo, até vestidos de noivas assinados por estilistas famosos. 

É um mercado econômico que, atualmente, gera no Brasil algo em torno de 10 bilhões de reais (segundo artigo na Folha.com). Nos Estados Unidos esse valor pula para US$100 bilhões, e evidencia que este crescimento veio para ficar. 

Ao vislumbrar esse panorama percebe-se que com o crescimento dessas “festas de casamento”, onde uma simples reunião festiva transforma-se em um verdadeiro evento, um espetáculo que beira o “teatral” e partem para comemorações cada vez mais excêntricas.

A sensibilidade e a elegância que os novos casais migram para a exclusividade, a identidade própria de cada elemento, os anseios e pensamentos de cada noiva transformam-se em produções megalomaníacas, com requintes de luxo vistos em produções hollywoodianas.

Esse evento único tem se tornado um verdadeiro espetáculo, onde as proporções das superproduções se inserem em salões de bailes, igrejas, e recepções ao redor do mundo. 

Imersos na gigantesca máquina dessas “festas exclusivas”, não é apenas uma festa, mas a promessa da realização de um sonho e buscam-se resultados cada vez mais escandalosos, entre fogos de artifício, à chegada em helicópteros, não há limite para a imaginação, nem para os gastos que cercam essa data.

Com ousadia e a criatividade, muitos mergulham em filmes que refletem a história do casal, ou exemplos encontrados em casamentos de famosos, e há, ainda, os sempre divertidos e vanguardistas casamentos; enfim, um mar de possibilidades que se descortina frente aos casais com o objetivo de entreter e surpreender cada convidado. 

Como os casamentos temáticos são muito comuns hoje em dia, ainda mais com a nova geração que gosta sempre de estar inovando.

Vamos dar um exemplo de que apesar de não acontecer em outra galáxia, vamos falar de um casamento inspirado na saga dos filmes “Star Wars”.

Noivos, convidados, padrinhos e todos que fizeram parte do casamento estavam caracterizados de algum personagem da trama.

Além de deixar a celebração mais engraçada, já que as comemorações tradicionais por muitas vezes tenham gastos exorbitantes, um casamento temático pode ser mais barato e ainda inovador. Como um espetáculo, deseja-se maravilhar os presentes, e imergi-los em um mundo fantástico, onde nenhum capricho ou detalhe é deixado de lado. O sagrado se  restringe a celebração ocorrida na igreja ou templo, enquanto na recepção a ostentação e magia se liberam e tomam conta do espaço. Do simples ao requintado, da festa econômica aos gastos excessivos com os mínimos detalhes, os casamentos temáticos têm caído no gosto popular justamente por se adequarem ao perfil dos noivos e à disponibilidade que cada um tem para gastar.

Das menores festas as maiores reuniões, toda festa de casamento exige um grau de complexidade, e elementos que alimentam esse nicho e geram uma exorbitante movimentação de dinheiro. 

Casamento Simples – Mini wedding

Uma comemoração apenas para os íntimos, assim se define um “Casamento Mini Wedding”, onde só há lugar para os parentes mais chegados e os amigos mais queridos, aqueles que realmente freqüentam sua casa, aqueles que verdadeiramente te desejam felicidades.

Não há lugar para exceções, colegas de trabalho e convidados “sociais” ficam de fora, por isso, o maior desafio do planejar, é chegar à lista final de convidados.

O que se deve ter em mente todo o tempo é a proposta da cerimônia: ter presente neste momento somente àquelas pessoas que fazem de fato parte da vida do casal e não um monte de gente que deve estar no seu casamento porque se acredita que seja mais educado.

O clima de um casamento mini é muito agradável, tanto para os noivos, quanto para os convidados, além de os noivos poderem dar mais atenção aos seus convidados, que normalmente são todos conhecidos e amigos.

E o lugar escolhido é importante para que tenha esse clima familiar, íntimo e lindo. Pode ser da residência de sua família, na casa da praia ou o sítio, no restaurante favorito de vocês, no clube, numa galeria de arte ou museu, na vinícola, num jardim, etc.

É uma festa pequena, mesmo com muito capricho é supostamente mais barata.

Casamento caseiro

Ter uma cerimônia caseira não significa abrir mão do glamour, mas é preciso ser ainda mais organizado e atento aos detalhes.

Casar em uma residência, sua ou de um parente ou amigo, por exemplo, pode transformar um simples casamento em uma celebração memorável. Basta saber como fazer e ter a colaboração da família e padrinhos. 

Em primeiro lugar, é preciso definir o número de convidados e o orçamento, pois as pessoas precisam conseguir se acomodar com conforto e um casamento realizado em casa deve ter as mesmas condições que aquele ocorrido em um espaço alugado, com a mesma organização para receber e servir bem a todos.

A começar pelo espaço físico em si, é fundamental ter um ponto para o serviço de buffet e uma saída para serviço de bar. Fique atentos, isso significa que nem toda casa serve para um evento assim. 

Na residência havendo um gramado e uma churrasqueira pode render uma boa diversão, mas não um casamento célebre.

Se essa é uma de suas idéias para seu casamento preste atenção em que os comes e bebes sejam de boa qualidade
.
Casamento em chácaras

Para quem não quer inovar tanto, há os casamentos campestres, com decoração floral e materiais rústicos. Esses casamentos preferencialmente poderiam ser realizados a luz do dia. O cardápio pode ser desde algo bem leve a um churrasco mais caprichado. Doces de compota, tipicamente com cara de fazenda, finalizariam as opções de gostosuras. 

Tudo deve ser leve, harmonioso, esqueça as regras do casamento convencional, mas seja muito cuidadoso para não deixar sua festa parecer uma formatura ou confraternização de final de ano. 

É muito importante valorizar os espaços aproveitando as belezas naturais que cercam as áreas rurais, compor a decoração com as flores já existentes, harmonizando as cores, produz um efeito personalizado. Só não se deve exagerar na composição dos arranjos se o local já tiver um belo jardim.

Lual

Pensar em um lindo “Lual” é divertido, a cerimônia seria realizada próximo à praia, e todos os convidados poderiam utilizar roupas descontraídas, iluminação com tochas e um cardápio leve, saboroso, complementariam o ar praiano do evento. 

A noiva utilizaria um vestido branco e leve, cabelos soltos com flores. Já o noivo poderia optar pela utilização de bata.

Casamento em cartório

É aquele que é celebrado na sala de audiência ou local previamente determinado pelo Cartório dentro das suas dependências, de forma pública, a portas abertas durante todo o ato de sua realização, estando presentes o Juiz de Casamentos, o Escrevente Autorizado, os noivos e duas ou mais testemunhas (padrinhos). 

Após ter ouvido dos próprios noivos a confirmação de que persistem na proposta de se casarem por livre e espontânea vontade, o Juiz declarará efetuado o casamento civil. 

Com a finalização da cerimônia, os noivos, padrinhos e pais se encaminharão para um almoço intimo, normalmente na casa da noiva ou em um restaurante previamente reservado ou até um coquetel que também é um encontro rápido (dura em média duas horas e meia), os convidados costumam ficar de pé enquanto os garçons circulam oferecendo bebidas, canapés e aperitivos.

Econômico e prático! Muitos noivos preferem este ritual simples, inclusive para não começarem uma nova vida com dividas ou sem reservas financeiras.

Casamento de bolo e champanhe

Este tipo de evento pode ser realizado logo após a cerimônia religiosa, no salão paroquial ou qualquer outro ambiente muito próximo da Igreja. 

Tem duração curta, na média duas ou três horas, tempo suficiente para agradecerem a presença dos convidados, tirarem muitas fotos, fazer um brinde e cortar o bolo. 

Para este tipo de recepção, usam-se mesas de apoio para que seus convidados possam acomodar os copos enquanto se servem e conversam. O ideal é que todos fiquem de pé mesmo, como em um coquetel. Algumas poucas cadeiras ou lounges são importantes, por causa das pessoas mais idosas.

A decoração é bem simples, arranjos mais caprichados na mesa dos bolos e doces.

Com excentricidade ou simplicidade levam sempre os noivos, cada vez mais buscar excelência na realização do sonho da festa de casamento perfeita, e com muito amor!! 

Isso sim será o inesquecível em qualquer tamanho de festa!

__________________________________
Cida Lopes  • Gestora/Produtora de Eventos – MBA em Hospitalidade
cida.aparecida.lopes@gmail.com


 

Voltar