FOTOS

Chás que ajudam a emagrecer




Eliminar aquelas calorias a mais que foram armazenadas ao longo dos meses ou anos requer educação nutricional e muito exercício físico. A sorte é que se pode contar com alguns aliados nesta hora.

Existem diversas ervas medicinais, já aprovadas pela ANVISA, que fornecem chás com propriedades terapêuticas. Para ajudar na perda de peso recorremos à aquelas que aceleram o metabolismo, combatem o inchaço, controlam a ansiedade, ajudam a digestão e o funcionamento do intestino.

É muito importante conhecer as propriedades das ervas/chás e utilizá-los corretamente, pois o fato de serem naturais e a base de plantas não significa que não fazem mal a saúde.

Chás que aceleram o metabolismo/ inibem a formação de células de gordura: chá branco e chá verde contêm catequinas e polifenóis capazes de reduzir o peso, o índice de massa corporal e massa gorda, são termogênicas (aceleram o metabolismo) e possuem ação antienvelhecimento.

Outros chás com propriedades parecidas: chá de laranja amarga, carqueja, graviola, alcachofra e gengibre.

Chás que combatem o inchaço: chá de hibisco, além de diurético ajuda no controle do colesterol e possui ação anti-inflamatória, que ajuda a diminuir a inflamação da obesidade. 

Outros chás: cabelo de milho, cavalinha, chapéu de couro e salsinha.

Chás que controlam a fome e a ansiedade: erva-doce, carqueja, espinheira santa, abacateiro, camomila, melissa, alecrim, anis e maracujá. Estes chás são calmantes naturais diminuem a ansiedade que costuma desencadear compulsão à comida.

Os chás são fontes de carboidratos complexos que ajudam a manter a glicemia estável, adiando a fome e sem açúcar apresentam baixíssimas calorias, ideais para lanches entre as refeições. 

Chás que ajudam na digestão: Chá hibisco, cáscara sagrada, hortelã, gengibre, sálvia, erva-doce, carqueja e espinheira santa e boldo do chile. Possuem substâncias e nutrientes que auxiliam na secreção dos sucos digestivos, nas contrações musculares do intestino e no alívio da prisão de ventre.

Chás que ajudam no funcionamento do intestino: chá de capim cidreira, maçã, cáscara sagrada e sene. O chá de maçã possui quercetina e inúmeras propriedades, pode ser utilizado sem restrições, porém o chá de sene e cáscara sagrada deve ser utilizado por alguns dias até se atingir o objetivo, eles podem provocar alterações na flora intestinal.
Algumas recomendações:

Utilize chá diariamente. Pode-se unir duas ou três ervas (no máximo) com propriedades diferentes e assim otimizar os resultados. 

Ex: Misture chá verde (termogênico) com hibisco (diurético) e melissa (controla a ansiedade) prepare o chá e utilize nos intervalos das refeições. 

Para preparar chás a base de raízes, casca ou sementes usa-se cocção (ferve-los junto com água) as folhas e flores devem ser usadas sob infusão (adicionar na água fervida e abafar) 

Faça o chá na concentração aproximada de 1 g para cada 100 ml e beba por 2 meses seguidos, depois troque a erva escolhendo outra que proporcione o mesmo efeito. Eles levam um tempo para fazer efeito.

Beba logo após o preparo e nunca o reaqueça. 

Sugestão: Coloque uma colher de sopa de hibisco e outra de melissa em 1litro de água, ferva por 5 minutos, adicione o chá verde e beba 3 xícaras/dia. Não adoce, use adoçante ou adicione folhas de estévia (adoçante natural) na fervura.

Mas lembre-se: chás não são milagrosos, eles são parceiros.

 

Voltar