FOTOS

Ana Beatriz Martins

Com 16 anos é Campeã Brasileira de Patinação Artística





A Campeã Brasileira de Patinação Artística Ana Beatriz Martins com apenas 16 anos, já é considerada uma das grandes revelações em patinação e já participou de vários programas de TV. Aninha como é tratada carinhosamente por seus amigos conta um pouco da sua carreira, fala também dos incentivos que recebe dos pais Antonio e Rosemeire Martins e do Clube Palmeiras.

CityPenha: Com quantos anos você iniciou sua carreira. Conte um pouco desse início?
Ana: Comecei a patinar com 4 anos na Sociedade Esportiva Palmeiras.
No início era mais brincadeira e aos 9 anos de idade comecei a participar de campeonatos, a partir daí a dedicação foi total.

CityPenha: Toda atleta tem um início de carreira difícil. Você tem apoio dos seus pais e como concilia com os estudos?
Ana: Sempre consegui conciliar meus estudos, embora para um atleta chegar ao nível internacional, precisa de horas e horas de treinamento não só técnico, como artístico e físico. Sempre tive apoio de meus pais.

CityPenha: Conte para os leitores da Revista CityPenha algo engraçado que tenha acontecido em alguma de suas apresentações?
Ana: Em um campeonato brasileiro na cidade de Santa Cruz do Sul-RS, estava concentrada um pouco antes da competição, quando anunciaram meu nome para o aquecimento, desci as escadas do ginásio com pressa vim a tropeçar e rolar escada a baixo.

CityPenha: Revele para a gente o segredo do sucesso: Equilíbrio, Determinação ou sorte?
Ana: Para praticar o esporte em alto nível, é necessário além de equilíbrio, muita dedicação, treinos em repetição, técnica e um equipamento bom.

CityPenha: Você tem alguém da família que a inspirou em entrar para patinação?
Ana: Não. Mas sempre recebi apoio dos meus pais. Quando eu era pequena meus pais disseram que eu troquei a chupeta por um par de patins (Risos)

CityPenha: Quais prêmios você já conquistou ao longo de sua carreira?
Ana: Obtive vários títulos a nível estadual e nacional (mais de 60 medalhas), e no mês de janeiro de 2013, representei o Brasil na Copa Interamericana na cidade de Kissimmee na Flórida, nos EUA.

CityPenha: Patinação no gelo ou sobre rodas? porque?
Ana: Patins em rodas, pois em um país tropical, a dificuldade em patinar no gelo é muito grande.

CityPenha: Conte um pouco sobre espetáculos sobre rodas?
Ana: Além da patinação de competição, sou integrante e solista do maior grupo de Shows de Patinação Artística da América Latina, os Periquitos em Revista, da Sociedade Esportiva Palmeiras onde fazemos shows beneficentes em várias cidades do Brasil, e em 2010 participamos dos 25 anos de Criança Esperança da Globo.

Bate bola
Medo.....................morte
Luxo.......................bom
Dinheiro..................essencial
Sucesso.................determinação
Beleza...................simpatia
Sonho...................conquistas
Arrependimento.......nada
Solidão..................tristeza

CityPenha: Você por você mesma.
Ana: Sou uma pessoa simples, carinhosa, meiga e amorosa, mas com personalidade forte. Gosto da sinceridade e odeio mentiras. Tenho muitos amigos e procuro viver bem com todos, isso me faz feliz.

CityPenha: Mande uma mensagem aos leitores da revista
Ana: “Você pode sonhar, criar, desenhar e construir o lugar mais maravilhoso do mundo... Mas é necessário ter pessoas para transformar seu sonho em realidade...”


 

Voltar