FOTOS

Dicas para conservação do seu automóvel



Brasileiro é apaixonado por carro, já diz o velho bordão popular.

Por isso mesmo ele gosta tanto de cuidar do seu veículo, muitas vezes provocando até uma crise de ciúmes em pessoas próximas, de tanto carinho que dedica ao seu possante. Para você que é um desses apaixonados, e também para você que não é tanto assim, mas sabe da importância de manter seu veículo em bom estado conversamos com Sérgio Benedito Basílio, da Lav e Park e preparamos algumas dicas interessantes para cuidar da sua máquina. 

Vidro Manchado

Se o seu vidro estiver manchado com marcas de água, lave-o com água, em seguida limpe-o com jornal. Depois, corte uma cebola ao meio e passe no vidro em movimentos circulares. 

Cheiro Ruim

Coloque um recipiente com café ou farinha no interior do veículo e em pouco tempo o mau cheiro desaparece.

Uma alternativa também é o vinagre numa tigela com um pano.

Umidade 

Coloque arroz numa tigela e deixe por algumas horas no interior do veículo, ele removerá a umidade, que é causadora de mau cheiro.

Manchas nos Bancos e Lataria 

Aplique espuma de barbear ou shampoo para cabelos normais com uma esponja e em seguida remova com pano seco. Tais produtos são mais indicados para remoção de manchas de chocolate e iogurte.

Para manchas de sangue, que podem ser muito difíceis de remover, uma solução possível é utilizar a seguinte receita: faça uma mistura com água morna, um pouco de detergente líquido e uma colher de amônia. Remova a mancha esfregando a área afetada levemente com uma escova. Se não estiver resolvendo, utilize uma espátula e raspe com cuidado. Evite deixar muito molhado, se ocorrer isso, seque com um pano absorvente. Continue esse processo até que toda a mancha seja removida. Depois, com um pano umedecido, apenas com água, remova os resíduos de amônia e deixe secar bem.

Para manchas de gordura, que pode ser de um lanche ou mesmo de um protetor solar, aplique talco sobre a área afetada, deixe agir por alguns minutos e logo depois limpe com água quente e sabão neutro.

Para mancha de graxa: Se for recente é possível retirar com aplicação de talco sobre a área afetada. Depois é só lavar com água quente e sabão neutro utilizando um pano. Se a mancha for mais antiga, o certo é a lavagem, mesmo assim não deve sair tudo, principalmente se o banco manchado continuou sendo utilizado. 

Para manchas de garagem: se o seu carro tiver alguma mancha provocada pela água de cimento que escorre em garagens, vai aí um macete: pegue um limão cortado e aplique o sumo na área afetada, esfregando o limão sobre a mancha até que esta desapareça. Depois, use polidor e cêra para dar acabamento. Lembre-se: Sob o sol, o sumo do limão pode manchar a pintura do carro e provocar sérias queimaduras na pele. Portanto, cuidado!!! Faça isso sempre à sombra.

Cheiro de Cigarro

Corte duas maçãs ao meio e coloque duas metades nos assentos dianteiros e duas no banco traseiro. Deixe por uma noite inteira dentro do carro com os vidros fechados. Por um certo tempo as maças irão absorver o odor e ainda vão deixar um cheiro agradável.

Conservação de Bancos de Couro

Além da limpeza frequente, feita com pano úmido e sabão neutro, é recomendável aplicar um hidratante para evitar o ressecamento causado pelo calor e pelo sol. Pode ser hidratante para o corpo mesmo e o período ideal desse procedimento pode ser a cada seis meses. Não abuse do hidratante, pois pode deixar o banco engordurado e desse modo, escorregadio.

Lavar o carro corretamente

Lavar o carro corretamente é essencial para evitar o aparecimento de manchas e ainda acabar com as manchinhas mais fáceis de serem removidas. O primeiro alerta é não lavar o carro com lataria quente e começar a limpeza pelo teto.

Uma das diferenças cruciais dos lava-jatos para o banho de espuma está justamente na menor força aplicada pelo sistema manual em relação a força dos esfregões automáticos. Ao contratar um profissional para efetuar a lavagem manual de seu carro ou se você mesmo decidir cuidar da sua máquina, lembre-se que para que o banho do carro não se converta em decepção e traga riscos, literalmente dizendo, para seu veículo, é importante verificar se a bucha utilizada por quem lava não está com resquício de areia e sujeira, por exemplo.

Outro fator não menos importante a se preocupar é com o pano que lavará o veículo, prefira flanelas, lãs de carneiro e tecidos de algodão. Utilize panos macios diferentes para lavar e para secar.

Os cuidados com a lavagem devem obedecer algumas normas básicas: a lataria deve ser enxaguada constantemente para que o sabão não seque. Deixe as laterais e as partes inferiores do carro para serem lavadas por último e com panos distintos. Finalmente, é importante secar toda pintura com outro pano, incluindo aí os vãos onde possa acumular água. Use sempre água corrente. Nunca espere o sabão secar para retirá-lo.


 

Voltar