FOTOS

Deriva Turística no Centro Histórico da Penha de França

A Penha de França é o bairro mais antigo da cidade de São Paulo. Já foi uma localidade isolada do município com uma característica geográfica bem distinta: uma colina cercada por rios nos quatro cantos. Sua configuração urbana surgiu decorrente de uma parada obrigatória de tropeiros, bandeirantes, viajantes, militares e missões científicas. Hospedou os dois imperadores do Brasil.
O centro histórico guarda até hoje as características de um outeiro do Brasil Colonial. A Rua João Ribeiro é uma das mais antigas do Brasil que ainda guarda seu traçado original, quando era o único caminho de quem vinha de São Paulo para o Rio de Janeiro ou Minas Gerais. O Largo do Rosário é o centro deste outeiro e o Santuário de N. Sra. da Penha com a ladeira Cel. Rodovalho abrem o caminho para uma viagem histórica.
O Centro Cultural da Penha, em parceria com o TCC do terceiro módulo do Curso de Agenciamento de Viagens da ETEC Professor Aprígio Gonzaga, com o apoio do Memorial Penha de França, está realizando uma série de Derivas Turísticas no Centro Histórico da Penha de França.
A jornada começa na manhã de um domingo com uma apresentação multimídia no Teatro Martins Penna do Centro Cultural da Penha. Com o acervo visual do Memorial Penha de França, o público acompanha o desenvolvimento da colina desde os tempos dos bandeirantes até os dias de hoje, com fotos, mapas antigos e gravuras de época.
Após esta apresentação, o público é convidado a um passeio pelos principais pontos abordados na palestra visual. Os estudantes da ETEC prof. Aprígio Gonzaga acompanham o grupo num monitoramento pelas ruas, becos e praças, vivenciando o cenário urbano da Penha histórica. Num dos pontos de visita, o público tem a oportunidade de entrar no interior da Escola Estadual Santos Dumont, que neste ano completa cem anos de existência. É o edifício público mais antigo da região. O Memorial Foto Clube também acompanha a jornada, registrando em fotos as mudanças ocorridas a partir da leitura de fotos antigas.
O objetivo deste trabalho é convidar os paulistanos a conhecer as histórias e lendas da região assim como o seu patrimônio. A primeira aconteceu no último dia 9 de Dezembro.
Estão programadas para este ano mais duas Derivas Turísticas. A próxima será no domingo do dia 27 de Janeiro, às 10h00. Uma outra vai acontecer em Fevereiro, no dia 24, no mesmo horário.
As inscrições são gratuitas e abertas a todas as idades. O público jovem tem a oportunidade de conhecer a história e a cultura do lugar onde vivem. Os mais idosos, reviver os momentos em que ajudaram a cristalizar este patrimônio.
Os interessados em participar devem fazer sua inscrição no mesmo dia, chegando com meia hora de antecedência no Centro Cultural da Penha, Largo do Rosário, 20.


 

Voltar