FOTOS

Comportamento adequado em viagens



Viajar é sempre bom, conhecer novos locais, ver novas pessoas e aprender com novas culturas, qualquer viagem, seja para lugares próximos ou distantes, requer paixão e entusiasmo e normalmente se gasta mais do que o previsto. Mas com uma previsão e planejamento detalhado pode ajudar a evitar surpresas desagradáveis. 

Primeiro, defina e informe-se sobre o destino, o número de pessoas que irão viajar e quanto tempo você ficará viajando e confer se o local oferece infra-estrutura como bons hotéis e restaurantes, pontos turísticos, vida noturna, etc. 

Com todas as informações, veja se é melhor fazer passeios pelo pacote/excursão ou por sua conta. É uma boa opção, pois você fica mais livre e aproveita mais.
Comportamento em viagens de avião 

Viajar de avião quer em viagens de natureza profissional quer em viagens de lazer é na atualidade freqüente, longe vão os tempos em que voar era sinônimo de “glamour”…

Dentro do avião, deve-se ter o mesmo comportamento educado e respeitoso que você teria num restaurante de luxo, num evento social, num casamento, ou algo do gênero. Lembre-se sempre que em qualquer situação, seja ela qual for,  respeite o ‘espaço’ e a ‘privacidade’ do próximo e todos os procedimentos na viagem toda, respeitando horários, filas e prioridades.

Trate com educação e gentileza todo o pessoal de bordo.

Após subir a bordo, procure o seu lugar e não permaneça de pé no corredor impedindo a passagem dos demais.

Arrume de imediato a sua bagagem de mão no respectivo compartimento e depois de guardar-las, procure retirá-las apenas quando for desembarcar.
Não se debruce sobre o passageiro que viaja na janela para ver a vista;

Seja cuidadoso com a sua higiene pessoal: ao utilizar o banheiro, seja higiênico, não deixe papéis jogados no chão e tão pouco deixe tudo molhado; outras pessoas depois de você utilizarão o mesmo espaço. Procure ser rápido, outras pessoas querem usar além de você.

Saber arrumar a mala é uma arte que garante que suas roupas cheguem ao destino em bom estado de uso e aproveita ao máximo o pequeno espaço da mala. 

Primeiramente você precisa saber como está a temperatura para o seu destino para levar roupas adequadas. 

Ao viajar com crianças pequenas, não deixe seus filhos ficarem correndo pelos corredores do avião, isso é perigoso para a criança e incomoda os demais passageiros.
Beba com moderação, consuma sem abusar, uma dose de uísque nas alturas equivale a três em terra firme. Quem se descontrola no consumo e importuna a viagem pode ser convidado a descer do avião na primeira escala.  

Não assuma um comportamento de estrela: ninguém é melhor do que ninguém e os freqüentes incômodos inerentes a uma viagem aérea afetam a todos por igual. Bom senso, paciência e serenidade não resolvem tudo, mas ajudam muito. 

Solicitar demais a atenção do pessoal da aeronave pode ser inconveniente. 

É de mau gosto fazer rodinhas no avião, começar a contar piadas, dar gargalhadas, jogar cartas, e pedir para conhecer a cabine de comando.

Comportamento no ônibus

Quem nunca se deparou com aquele vizinho de poltrona que quer conversar a qualquer custo? Ter um livro e um fone de ouvido sempre à mão também é uma forma delicada de sair desta situação.

Aquele vizinho dorminhoco, que acaba pegando sono e despencando no seu colo, infelizmente terá que ser acordado, mas com educação.

No hotel

•Mantenha o quarto em ordem.
•Não faça barulho nos corredores.
•Não leve para casa objetos como cinzeiros e toalhas.
•Não dê mergulhos ruidosos na piscina.
•Nas áreas de uso comum, discrição é a palavra-chave.
•O lobby do hotel é um espaço apenas para marcar encontros, ler um jornal ou tomar uma bebida enquanto espera por alguém. 

Conversas altas, desrespeito com os outros hóspedes e chacota com relação aos pratos típicos do país é imperdoável, fazer uso das eventuais diferenças de língua, hábitos e costumes como pretexto para se divertir. 

Caso não fale a língua do país, não use isso para fazer brincadeiras. Muitos viajantes já se constrangeram, acreditando que a pessoa ao lado não entendia o que estava sendo falado.

Existem diversas peculiaridades entre as culturas mundiais. Informar-se e respeite os costumes locais do seu destino turístico e a melhor maneira de evitar situações desagradáveis durante a viagem. 

Antes de escolher o seu destino para viajar é bom saber de alguns costumes. Ao viajar, não deixe as boas maneiras em casa e devem respeitar sempre as regras de comportamento de um país ou cidade que estamos visitando por mais estranho que nos pareça.

Nas compras


Insistir em barganhar brindes, descontos e amostras grátis pode ser deselegante. Geralmente, as lojas já têm uma política para agradar aos clientes, é melhor se conter a passar por chato. 

Saúde para Viajantes

Pessoas que viajam para o exterior, ou fazem viagens longas, têm até 50% de chance de sofrer doenças relacionadas a viagens. 

Embora a maioria das doenças adquiridas em viagens seja de natureza leve e transitória, algumas doenças infecciosas muito graves são endêmicas em certos lugares. 

Antes de viajar


• Faça um check-up médico. Se certifique de que está saudável antes de viajar;
• Atualize suas vacinas e se informe sobre outras imunizações necessárias;
• Prepare um kit de medicamentos para você e a família. Certifique-se de levar a quantidade suficiente dos medicamentos que você precisa, caso seja necessário peça ao médico a prescrição. Lembre-se de que em alguns países comprar medicamentos não é coisa simples, e só com receituário de médico local;
• Organize um seguro viagem, incluindo a assistência necessária caso você precise ir ao hospital;
• Faça um checkup dental;
• Verifique a visão, leve os óculos de sol e, caso use óculos de grau, leve um extra. 

Em casa alheia, como me portar?

A relação entre anfitrião e visitante que chega com tudo é sempre delicada.

Bastam alguns passos em falso e você, que foi tão bem recebido ao chegar, transforma-se em um hóspede indesejado, que nunca mais será convidado a voltar. 

Não chegue de surpresa: antes de viajar, entre em contato com seu anfitrião, pergunte claramente se ele pode recebê-lo no período tal e só bata na porta dele depois de ter combinado os detalhes. 

Leve um presente para os anfitriões: uma bebida, um doce típico, um livro ou até um disco de música com o estilo que ele mais aprecia.

Colabore nas despesas: nada de esperar que o dono da casa arque com todos os gastos. Se tiver intimidade, ofereça-se para dividir a conta das compras da casa, fique atento porque o anfitrião pode ficar sem graça e recusar a gentileza. 

Ajude na limpeza: cuidar da arrumação do quarto e não fazer bagunça é regra básica e procure dar uma mãozinha nas pequenas tarefas do dia-a-dia.
Não demore no chuveiro.

Não peça nada emprestado: leve xampus, hidratantes, cremes de barbear ou artigos de maquiagem e só use o que for seu.

Não se pendure no telefone da casa use o seu celular.

Respeite os horários da casa: horários de chegada e saída. 

No fim da visita, cheque tudo. Se você quer preservar o amigo e voltar nas próximas férias, reserve o último dia para deixar a casa dele limpa e organizada.

Querendo ou não, quando viajamos representamos nosso país, nosso estado, nossa cidade, nosso bairro. Desta forma, procurar deixar uma boa impressão ajuda em muito a melhorar a imagem de quem somos e de onde viemos.

 


 

Voltar