FOTOS

O Sol e Você



Dia 30 de outubro foi o dia mais quente da história da meteorologia na cidade de São Paulo, com termômetros acima dos 36 graus. E foi pior no interior do estado, no Rio, no Nordeste. 

E quem não quer se refrescar em uma situação dessas?




Um inocente banho de mar ou mergulho na piscina pode se transformar em um problemão. Porque sendo sincera até o solzinho da manhã que faz bem para os ossos ou o final do dia podem causar estragos sem a devida proteção solar.

O que é proteção solar?

Repetindo o que todo mundo já sabe: são os cremes e loções bronzeadores que possuem fator de proteção solar (FPS) em suas fórmulas. Substâncias que protegem a pele contra a ação dos raios ultra-violeta (UVA e UVB) do sol. 

Explicação técnica: essas substâncias podem ser químicas (absorvem os raios UV) ou físicas (refletem os raios UV).
O que é FPS, Fator de Proteção Solar?

O FPS mede e protege a pele contra os raios UVB, mas não contra os UVA. 

• Na embalagem do produto vem um número que varia de 2 a 80, ou seja, ele marca o tempo de exposição que o protetor, digamos, agüenta.
• Exemplo: o FPS 2 protege a pele duas vezes o tempo de exposição sem proteção.

• A proteção funciona assim: FPS 30 protege 95%, FPS 45 protege 97%, FPS 50 protege 98%, e assim por diante.
Nenhum filtro solar é capaz de bloquear 100% a ação do sol sobre a pele 

→ É sempre bom lembrar que em dias nublados o sol queima.

Mesmo a gente esteja torcendo para que nem todos os dias sejam tão absurdamente quentes, o verão está aí e com ele os fins de semana na praia ou a volta da piscina, as férias, os dias dos vestidos decotados, das saias curtinhas, dos shorts e das pernas de fora.


 

Voltar