FOTOS

Panetone, um símbolo do Natal



Este delicioso pão doce italiano, que é considerado há muito tempo em todo o mundo, um símbolo de Natal, teve sua origem no norte da Itália, mais precisamente em Milão, passando para o sul da Itália e depois para os demais países tornando o Panetone o sucesso que é hoje.

No Brasil o Panetone se tornou muito tradicional, principalmente nesta época do ano que se rende à sua massa macia, consequência de uma fermentação natural.

Hoje o Panetone possui variações de sabor, com o objetivo de agradar todos os públicos além das tradicionais frutas cristalizadas. Existem os Chocotones - feitos com gotas de 
Chocolate, Sorvetones – recheados de sorvetes diversos sabores, a Colomba Pascal , e os Panetones Recheados e cobertos de Chocolates dos mais diversos sabores como trufados, maracujá ou doce de leite entre outros e até os Panetones salgados, cujos recheios variam de acordo com a criatividade de quem os faz.

Quem introduziu o Panetone de Natal ao paladar e gosto dos brasileiros foram os imigrantes italianos, que se mudaram para o Brasil no período da Segunda Guerra Mundial.

Muitas lendas giram em torno da origem desta iguaria, porém a mais popular diz respeito a um nobre jovem milanês, membro da família Atellini, que se apaixonou pela filha de um padeiro chamado Toni. Para impressionar o pai da moça, o jovem disfarçou-se de ajudante de padeiro e inventou um maravilhoso pão, de rara delicadeza e tamanho incomum para a época, cujo topo foi moldado em forma de cúpula de igreja. Este novo bolo de frutas semelhante ao pão fez enorme sucesso e passou a ser chamado de magnífico "Pan de Toni".

O Panetone é símbolo de Natal, de Paz e União, aproveite mais este Natal: confraternize, comemore e deguste!

 

Voltar