FOTOS

Existe romantismo nos sites de relacionamentos?

Se as compras, estudos e entretenimento estão migrando cada vez mais para a internet, foram incluídos também os relacionamentos que seguiram rapidamente para o mesmo caminho. 
Como todas as mudanças que as novas tecnologias trouxeram, essa maneira de se relacionar é um caminho sem volta. O uso de serviços para encontros online, como os aplicativos de encontros ou sites para conhecer pessoas, tornou-se um grande fenômeno que ocorre em todo o mundo. 
Os sites de relacionamento estão se popularizando com rapidez no Brasil e criando a curiosidade de muitas pessoas. 
Segundo empresas de tecnologia que fazem pesquisas e estudos para atrair usuários para esse segmento, definindo o público alvo, buscando seus interesses e concluem que os aplicativos mais populares, estão registrando mais de 50 milhões de usuários e atualmente, mais de 40% das pessoas solteiras usaram nos últimos 30 dias um aplicativo ou um site de encontros. 
Mas aí as pessoas ficam se perguntando: será que se inscrever em um site de relacionamento funciona para quem quer encontrar alguém especial?
Vamos entender como funcionam esses sites
Muitos sites trabalham em um formato “freemium”, ou seja, você tem acesso limitado ao site sem custo, mas, para usufruir das funcionalidades, é necessário fazer um “upgrade”, permitindo que você abra um perfil e navegue nas páginas de outros usuários gratuitamente, mas você precisará pagar para poder entrar em contato com eles, visualizar quem checou o seu perfil e responder a mensagens.


Por um lado, sites gratuitos dão a você acesso a mais opções de parceiros, uma vez que, como não há custo, as pessoas se sentem mais encorajadas a tentar utilizá-los. Por outro lado, o fato do usuário pagar para utilizá-lo indica que ele está de fato tentando buscar um parceiro para se relacionar. Sites pagos também investem mais tempo e esforços para rastrear e banir perfis falsos e fora de uso, ou usuários que estão ali apenas por passatempo.
Como identificar um bom site
Escolher um bom site de relacionamento é quase tão complicado quanto escolher a pessoa ideal. Existem milhares de opções no mercado, e por isso tem que levar em consideração aspectos importante como segurança, mensalidade e privacidade. Portanto, é aquele que atende a suas necessidades.
Preço: Busque aquele que apresenta um modelo de preços claro e o compare com outros similares. Uma opção é começar com um contrato de um mês que pode ser cancelado facilmente caso você conclua que ele não serve para você.
Funcionalidades: Você pode encontrar alguma ou todas as funcionalidades abaixo em um site de relacionamento:
Testes de personalidade que ajuda o site a realizar melhores combinações de perfis;
Testes de prontidão para relacionamentos que descobre se você está realmente pronto para um compromisso;
E-mails diários com uma “combinação do dia” ou sugestões regulares de membros que compartilham com interesses e características de personalidade;
Eventos com presença pessoal ajudam as pessoas a se socializarem;
Fóruns informais online dão a você a oportunidade de se conectar com outros usuários;
Ferramentas de flerte como envio de piscadinhas, sorriso ou mensagens diretas.
Facilidade de uso: Dependendo do quão confortável você se sente no mundo online, a facilidade de uso pode ser um aspecto importante para você.
Suporte: Você pode querer que seja um site fácil de contatar, tanto para aspectos técnicos quanto para informar sobre um usuário que o faça sentir-se desconfortável. 
Segurança: O namoro online atrai diferentes tipos de pessoa. Procure por sites que verificam novos usuários e checam os perfis que estão em desuso.
Foram escolhidos também os serviços destinados à grupos específicos como: adultos acima dos 40 anos, usuários com pais “ricos”, somente para lésbicas, somente para “cristãos” independentemente da sua denominação, etc.
Baseada em critérios constantes nas leis nacionais, mais especificamente no Código de Defesa do Consumidor e no Marco Civil da Internet, a análise abordou os seguintes pontos a serem observados antes da escolha: 
a) dados coletados na identificação do usuário, 
b) permissões de acesso solicitadas pelas empresas, 
c) compartilhamento de dados com terceiros,
d) consentimento adicional no caso de transferência de dados para terceiros, 
e) transparência da política de privacidade e termos de uso, 
f) possibilidade de exclusão de dados, 
g) informações das empresas sobre os riscos e a segurança no uso dos dados.
Os prós dos sites de relacionamentos
A falta de oportunidade de conhecer pessoas fora do seu círculo social, vergonha e baixa autoestima, falta de companhia de amigos e preguiça de sair na noite são algumas das razões mais comuns para as pessoas pararem de buscar um (a) parceiro (a) da forma convencional, entrando assim nos sites de relacionamento.
A grande vantagem deste tipo de serviço é que eles ampliam o leque geográfico e permitem uma filtragem prévia de características que são essenciais em um(a) parceiro(a). Isso porque ao se inscrever em um site de relacionamento deve preencher um longo questionário.
Essas informações, segundo os sites, são utilizadas por um algoritmo para encontrar as pessoas que mais se combinam. Depois disso, o próprio site oferece uma lista de pretendentes que são compatíveis com suas características e pretensões para o futuro.
Cuidados ao participar de um site de relacionamento 
Nenhuma operação digital é 100% segura. Por melhores que sejam os protocolos e proteções criptográficas usadas por um serviço, há sempre um risco eliminável de brecha, invasão, ou vazamento de dados. 
Com o aumento desses serviços surgiu grande problema de segurança. A maioria dos sites requer que os usuários compartilhem informações pessoais, isto, associado a vulnerabilidade e carência que apresentam, pode transformar os caçadores em vítimas.
Prefira que o primeiro encontro seja em um local público e não aceite carona para ir até lá. Jamais passe seu endereço nos primeiros encontros. Um bar, restaurante ou showzinho são boas opções para quebrar o gelo e não ter que se preocupar. Mas avise sempre alguém onde você está indo e, se possível, combine um horário para que ela te ligue para confirmar que está tudo bem.
Muitas pessoas usam esse meio para conhecer parceiros sexuais, por isso correm o risco de adquirir alguma doença sexualmente transmissível (DST)
Existem perfis fakes que imediatamente pedem fotos íntimas e eróticas para construir relações online, ganhar a confiança. Você não conhece a pessoa e nem as intenções ocultas que pode ter, podendo até exigir dinheiro para não divulgação nas redes sociais. Além disso, quase todos os aplicativos tem acesso a funcionalidades adicionais dos dispositivos móveis, como câmara, microfone, GPS ou aplicativos de pagamentos, aumentando os riscos do Cibercrime.
Só se conecte a redes seguras e privadas. Assim será mais difícil que os hackers roubem suas informações.
As vantagens de conhecer pessoas pela internet são evidentes: você não precisa manter uma constante vida social e o encontro é mais cômodo e rápido.
Como seres humanos são complicados e multifacetados, há quem crê que a vida é uma enorme Montanha Russa, então, encontre alguém para se aventurar. Satisfaça as suas tentações mais profundas com alguém que acabou de conhecer, afinal, você só vive uma vez. Há outros que esperam que a internet evite uma vida de solidão, que trará seu amor tão sonhado e que o romantismo ainda perdurara.  
A ideia de que a similaridade em geral pode facilitar relacionamentos bem-sucedidos não diz absolutamente nada sobre quais dimensões e caminhos a serem tomados.
Então feliz amor onde e quando encontrá-lo!!

por Cida Lopes • Gestora/Produtora de Eventos/Docente – MBA em Hospitalidade •  cida.aparecida.lopes@gmail.com

 


 

Voltar