FOTOS

Sensibilidade, resfriados, amarelamento dos dentes

Saiba como cuidar da saúde de sua boca na estação mais fria do ano

 

A época mais fria do ano está chegando e com as temperaturas mais baixas, os dentes de algumas pessoas ficam mais sensíveis. Essa oscilação se dá porque a temperatura da nossa boca, que é a mesma do corpo, 36º C em média, acaba contrastando com a temperatura externa do ambiente, que no frio tem uma variação média de 5º C a 20º C.

Os nossos dentes são formados por um tecido chamado dentina, sendo coberto por esmalte na coroa e cemento na raiz. Quando acontece o desgaste desse esmalte, a dentina acaba ficando exposta, ocasionado a dor ao entrar em contato com o frio, ou mesmo com calor e alimentos ácidos.

Pesquisadores têm realizado um trabalho incansável para solucionar o problema e, atualmente, em casos moderados, cremes dentais indicados para sensibilidade podem eliminar a sensação de desconforto se forem utilizados de forma correta. Mesmo em casos moderados de sensibilidade é preciso tomar certos cuidados, pois o creme dental para dentes sensíveis não deve ser esfregado vigorosamente sobre a área afetada, sob o risco de piorar o problema, em vez de solucioná-lo. Pessoas com dentes sensíveis devem, de modo geral, evitar o uso de cremes dentais clareadores, com bicarbonato, partículas polidoras ou similares, pois esses contêm grânulos abrasivos que causam o desgaste do esmalte, agravando o problema da sensibilidade.

 


A inversão térmica gerada pela grande diferença entre temperatura interna e externa afeta ainda pessoas que possuem dentes desgastados ou prejudicados por alguma doença ou trauma. Esses dentes têm as terminações nervosas mais afloradas, o que gera um desconforto maior do que o normal em contato com temperaturas variadas. Além da sensibilidade ocasionada pelas variações do clima, algumas doenças comuns no inverno, como a gripes e os resfriados, podem ocasionar vulnerabilidade estruturais por seu efeito de ressecamento das mucosas da boca.

Outra doença “amiga” das baixas temperaturas é a sinusite, inflamação que afeta os seios paranasais que, entre outros, abrangem o seio maxilar, onde se inserem as raízes dos dentes molares e pré-molares. Em uma inflamação crônica, essas raízes podem ser afetadas, gerando um incômodo parecido com a típica dor de dente.

Há ainda outra razão para procurar seu dentista com a chegada do inverno, é que nessa época se eleva o consumo de certas bebidas como chá quente, café e vinho, bebidas que são altamente pigmentados e cujo consumo está diretamente ligado ao amarelamento dos dentes.

Em todos os casos, o melhor a fazer é procurar um dentista, que por meio de uma avaliação, é capaz de recomendar tratamentos para proteger e solucionar problemas da saúde de sua boca. Quanto às doenças virais, manter as mãos sempre limpas e uma higienização bucal adequada, ajuda muito na prevenção. Consulte seu dentista antes, durante ou depois do inverno e previna-se de qualquer doença ou prejuízo ao seu sorriso. Vamos aproveitar o inverno com alegria e muitos sorrisos!

 

Por Oraldentic Clinica Odontológica • (11)2684-4878 • WhatsApp 98549-4247 • www.oraldentic.com.br • faceboock/oraldentic


 

Voltar