FOTOS

Páscoa e chocolate: dilemas eternos 

 

O grande desafio é fazer boas escolhas, desfrutar os sabores e prazeres que o chocolate proporciona sem perder o foco na saúde e no risco de ganhar alguns quilos indesejados.

O primeiro passo seria conhecer a definição de cada ingrediente da composição do chocolate e relação com a saúde, os tipos de chocolate existentes e com quais ingredientes são preparados. Em seguida, escolher qual deles é o seu preferido (pelo sabor ou pelos benefícios) e definir a quantidade que você se auto permitirá consumir baseado no fato de ser um alimento muito calórico.

Definições:

• Chocolate é obtido a partir da massa de cacau misturada a outros ingredientes

• Massa de cacau: extraída das sementes do cacau que foram fermentadas, limpas, assadas e esmagadas. 

• Manteiga de cacau: extraída da massa de cacau colocada sobre forte pressão.

• Cacau em pó: é o produto restante da massa de cacau após a extração da manteiga de cacau, que foi moído e peneirado.

A massa de cacau é o grande amigo da saúde: possui flavonoides que protegem o coração e ajudam controlar pressão sanguínea, melhora a sensibilidade a insulina (absorção de glicose pelas células), tem ação anti-inflamatória e antiaterogênica que age nos níveis de colesterol.

É rico em antioxidantes que combate o envelhecimento celular, libera endorfinas propiciando bem-estar.

Contém cafeína e a teobromina de efeito energético que melhoram a concentração e a capacidade física 

A manteiga de cacau, por ser vegetal, não contém colesterol. O que eleva o colesterol é o leite adicionado, geralmente integral, e gordura hidrogenada presentes em alguns tipos de chocolate.

 

Massa de cacau não causa acne, os vilões são o açúcar e a gordura quando adicionados.
 


Alguns tipos de chocolate existentes: 

Algumas definições abaixo foram extraídas da RESOLUÇÃO-RDC Nº 264, DE 22/09/2005 Diário Oficial da União, que estabelece as características mínimas de qualidade do chocolate.

• Chocolate ao leite: é uma mistura da massa de cacau (mínimo de 25%), cacau em pó e ou manteiga de cacau e outros ingredientes. Assim sendo, chocolate ao leite contem cerca de 75% do peso de outros ingredientes que não a massa de cacau.  

• Chocolate Branco: é a mistura de manteiga de cacau (mínimo 20%) com outros ingredientes (ex:açúcar e leite). 

• As versões de chocolate meio amargo (40% de massa de cacau) e amargo (60, 70, 85, 90 até 100% de massa de cacau), possuem cor escura e paladar menos doce. 

• Diet de leite-preparado com massa e manteiga de cacau, leite em pó, sorbitol e sacarina (são adoçantes artificiais) e vanilina.

• Diet branco- feito com manteiga de cacau, leite em pó, sorbitol, sacarina e vanilina

• Chocolates Diet, sem açúcar na composição contem mais gordura para garantir a mesma consistência. Pode ser mais calórico que o chocolate comum, é sugerido apenas para diabéticos e não para quem quer restringir caloria.

• Chocolate light: têm menos gordura e menos calorias.

Os benefícios dependem dos flavonoides presentes na massa de cacau, quanto mais massa de cacau mais benefícios. Os tipos amargo com mais de 70% de cacau são melhores.

Chocolate branco não apresenta benefícios, pois não contém massa de cacau.

Chocolates quando consumidos com moderação, de 20g a 30 g, mesmo que diariamente, dentro de uma rotina alimentar saudável irá proporcionar muitos prazeres e poucos riscos.

 

Por Edina Aparecida T. Trovões • Nutricionista CRN3-1579 • edina.trovoes@terra.com.br • Consultório: 2307-1551


 

Voltar