FOTOS

Não consigo emagrecer:
é por causa da tireoide?

 

Pode ser sim, uma das causas da obesidade e dificuldade em emagrecer pode sim estar relacionada a problemas no funcionamento da tireoide, assim como estar engordando sem motivo nenhum, mas antes de tudo é importante saber como a tireoide funciona e qual a sua relação com o peso e a obesidade e a partir dai tirarmos conclusões, certo?

A glândula tireoide fica na parte anterior do pescoço (frente) abaixo da laringe e sobre a traqueia. Ela produz hormônios (tireoidianos) que funcionam como “combustíveis” para o funcionamento do coração, rins, cérebro e fígado e tudo tem haver com o metabolismo e consumo de energia, ou seja, faz gastar mais ou menos energia e por isso sua estreita relação com o peso.

Ela pode adoecer por várias causas e por consequência começa a trabalhar de forma mais lenta, produzir menos hormônios (chamado de Hipotireoidismo) ou de forma mais acelerada, produzindo mais hormônios (chamado de Hipertireoidismo).

Os sintomas mais comuns, no Hipotireoidismo são: 

• Ganho de peso com apetite normal

• Lentidão e cansaço excessivo

• Intolerância ao frio

• Pele seca, queda de cabelo.

• Depressão, desaceleração dos batimentos cardíacos, menstruação irregular, falhas de memória, aumento de colesterol no sangue e constipação.

Já no Hipertireoidismo, aparece:

• Perda de peso com apetite

• Nervosismo

• Taquicardia (coração acelerado)

• Bócio (aumento da glândula)

Então é assim: no caso do hipotireoidismo pode-se engordar, mas se for hipertireoidismo pode-se emagrecer.

Se você está ganhando peso sem ter alterado a rotina de alimentação e exercícios físicos, vale a pena procurar um médico. Através de exame de sangue é feito o diagnóstico e no caso de alguma disfunção haverá um tratamento adequado.

Respondendo a pergunta do título: é mito dizer que uma pessoa é gorda ou magra porque tem problemas na tireoide. Alterações no peso só existem enquanto a pessoa NÃO está sendo tratada. Uma vez em tratamento, normalmente com a reposição do hormônio, o peso vai depender da alimentação e do gasto calórico, como ocorre com qualquer pessoa saudável.

Como cuidar bem da tireoide?

Escolha alimentos que ajudam a glândula a trabalhar e evite aqueles que possam de alguma maneira prejudicá-la.

Alimentos que ajudam a tireoide:

• Zinco e selênio que são partes dos componentes dos hormônios. Fonte: carne de boi, castanha do Pará, salmão, semente de girassol. 

• Equilíbrio nutriente através alimentação variada.

• Iodo (necessário à produção dos hormônios, mas sem exageros) fonte: sal de cozinha, ovo e peixes.

Alimentos que podem prejudicar a tireoide, embora não exista consenso afirmando que pessoas com hipotireoidismo devam evitar esses alimentos:

• Excesso farinha branca, devido a suspeita que o glúten possa estar associado a doença autoimune, que é uma das causas de doença da
tireoide.

• Alimentos que inibem a captação de iodo pela tireoide: nabo, rabanete, couve, brócolis, repolho e soja. Consumir uma ou duas vezes por semana, mas não todos os dias.

• Excesso de iodo, através de multivitaminas e suplementos.

• Excesso de sal por ser fonte de iodo.

 

Por Edina Aparecida T. Trovões • Nutricionista CRN3-1579 • edina.trovoes@terra.com.br • Consultório: 2307-1551


 

Voltar