FOTOS

Coronel Camilo organiza série de palestras para gestores municipais

 

O “Encontro de Gestores Públicos Municipais”, coordenado pelo Deputado Estadual Coronel Camilo em parceria com o Instituto do Legislativo Paulista reuniu, hoje, dia 26, cerca de 200 pessoas . O evento incluiu um ciclo de palestras na Assembleia Legislativa com o intuito de fornecer diretrizes aos administradores de prefeituras e câmaras municipais de todo o Estado.

Na abertura, às 11h, Coronel Camilo, líder do Partido Social Democrático (PSD) na Assembleia, afirmou que estava ali para uma troca de ideias e por isso havia trazido pessoas experientes na área para falar ao público, formado também por prefeitos e vereadores. O Presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Dimas Ramalho, foi o primeiro a falar.  

 

Dimas destacou a importância de priorizar custos, citando como exemplo ações cotidianas que são praticadas dentro da casa de cada cidadão, como escolhas de menor preço da gasolina, economia de luz, entre outros itens que mexem no bolso dos paulistas. 

Outro ponto alertado pelo presidente do TCE foi que o gestor de hoje precisa aprender a dizer não, mesmo que a negativa desagrade. “É algo difícil de falar e percebo muito isso”, revela. Segundo ele, nem sempre é possível ajudar e sim se ater as possibilidades de cada setor.

Perto do término da apresentação, Dimas chamou a atenção para a falta de políticas públicas para idosos e fez um apelo aos gestores para que tenham um olhar especial à terceira idade. Em seguida, o responsável pela Secretaria-Diretoria Geral (SDG) do Tribunal de Contas, Sergio Rossi, apresentou um panorama do trabalho daquela Corte, que tem papel de fiscalizar. “Nós também colaboramos com a o Ministério Público e polícia, quando necessário”, diz. De acordo com ele, não existe administração sem orçamento planejado. “Por isso é preciso aplicar recursos com qualidade, criar prioridades”, afirma.

Coronel Camilo, idealizador do encontro, levou aos participantes sua experiência na Câmara, ainda como vereador e falou sobre sua carreira na Polícia Militar, que foi finalizada com o posto de Comandante-Geral. “O município tem papel fundamental na segurança pública, pois deve ajudar na zeladoria urbana, manter ruas iluminadas, calçadas organizadas, manter a coleta de lixo e outros resíduos”, aponta. “Sabemos que um ambiente desorganizado atrai criminosos”, lembra. Em sua palestra, mostrou experiências bem sucedidas em outros países quando o tema é ordem urbana.

O encontro foi finalizado com a apresentação do Coronel Wagner Roberto Ribeiro Soares, que falou sobre a relevância de investir em tecnologia e monitoramento por câmeras na capital. Ele citou que na Vila Madalena, zona oeste, já existe um bom projeto que ‘vigia’ toda a região e que dá certo, podendo ser levado para outras regiões e Interior, a exemplo que já ocorre em Ourinhos.


 

Voltar