FOTOS

Dança Sênior gera bem-estar e retarda o envelhecimento


A prática da dança por idosos auxilia na mobilidade, interação social e equilíbrio emocional 

 

Em 1974, na Alemanha, foi criada uma nova prática para estimular os movimentos dos idosos, baseada em músicas folclóricas e cirandas da infância. Esse novo método de incentivo à mobilidade dos mais velhos foi chamado de Dança Sênior. É o único tipo de dança que tem a possibilidade de ser dançada em pé ou sentada, ideal para quem tem dificuldade com equilíbrio, com andar ou apresenta dor. Por isso, é considerada uma dança de inclusão. Há um grupo de Dança Sênior, localizado na Zona Leste de São Paulo e dirigido pelas fisioterapeutas do São Cristóvão Saúde Ercília Pivoto e Luciane Criado,  que realiza aulas todas as sextas-feiras das  8h30 às 10h30, com mais de 70 alunos no parque SABESP no bairro da Mooca.

Normalmente, o exercício é praticado uma vez por semana em sessões que duram cerca de uma hora, sendo a em pé com alternância de músicas lentas e rápidas, coreografias de baixo impacto e passos curtos; já a sentada é feita com participantes em cadeiras e com alguns instrumentos de percussão, como chocalhos, triângulos e bastonetes. Ercília e Luciane ressaltam que as aulas respeitam os limites de cada um e trazem inúmeros benefícios. Elizabete Schmich que pratica a dança desde 2006  com as profissionais do São Cristóvão comenta, “A dança faz bem para a cabeça e melhora as dores nas articulações, além de proporcionar várias amizades”. Marlene Venâncio, da mesma turma, também ressalta os benefícios da atividade, “Melhorou o meu estresse e fiz muitas amigas”.  


A Dança Sênior tem se mostrado uma eficiente alternativa terapêutica tanto para a agilidade dos idosos, quanto para o aumento da qualidade de vida deles. “Por contribuir com as atividades sócio-físico-mental e emocional de quem a realiza, essa dança passou a fazer parte do setor de fisioterapia. Ultimamente, vem ganhando espaço no Brasil como estratégia preventiva da inatividade, retardando o envelhecimento”, explica a fisioterapeuta Luciane Criado.

Segundo as profissionais, desenvolver uma rotina em que inclua a dança auxilia no fortalecimento das articulações, dos músculos e da coordenação motora, além de proporcionar bom equilíbrio e postura corporal. “Entre os nossos alunos, observa-se melhora da ansiedade e até da depressão, menor limitação física para as atividades do dia a dia, com menos fadiga e mais disposição”, afirma Ercília Pivoto.

Outro ponto positivo é o estímulo à memória recente, melhorando a atenção e concentração. Também a socialização que as aulas de dança promovem é capaz de gerar novas amizades, alegrias, motivações, descontração e divertimento. “A união de música, movimento e convívio social ajuda no equilíbrio emocional, trazendo de volta o prazer na realização dos afazeres diários”, relata a fisioterapeuta Luciane. Além disso, a atividade física libera hormônios que induzem a excitação física e mental, regulando os batimentos cardíacos, a pressão sanguínea, entre outros benefícios. 

“Esse tipo de dança exige movimento de todas as partes do corpo, como tronco, membros superiores e membros inferiores. Também ajuda no equilíbrio e percepção espacial”, garante a fisioterapeuta Ercília. Apesar da Dança Sênior ser voltada, principalmente, para a terceira idade, todos podem participar, desde crianças a idosos, sem que haja alguma restrição médica.

 Benefícios da Dança Sênior

- Aspecto emocional: melhora depressão e ansiedade, despertando o equilíbrio emocional e restaurando o prazer em tarefas diárias.

- Aspectos físicos: auxilia na mobilidade, articulações e musculatura, o que torna os praticantes mais ativos.  

- Capacidade Funcional: melhora a participação nas atividades de casa. 

- Saúde Mental: potencializa o ânimo, além de promover acolhimento e afetividade por meio das amizades conquistadas durantes as aulas de dança.  

- A vitalidade: maior disposição física, energia e prazer. 

- Diminuição de dor: ameniza dores por exercitar a mobilidade articular e muscular. 

- Aspecto Social: melhora a socialização ao realizar a atividade em grupo. 

- Saúde Geral: ao proporcionar bem-estar físico e mental, retarda o envelhecimento e aumenta a longevidade.

 


 

Voltar