FOTOS

Dos Sentimentos às Doenças

Como equilibrar nossas emoções

 

A sua saúde depende de como você consegue relacionar-se com os problemas e conflitos emocionais enfrentados no seu cotidiano. A vida moderna não tem facilitado para um equilíbrio nas funções do dia a dia e, essa falta de equilíbrio, potencializa nossas emoções provocando as doenças físicas.

Entenda melhor os mecanismos que fazem seus sentimentos interferirem diretamente no seu corpo.

Todos nós recebemos no dia a dia doses de estresse, porém, quando o estado de tensão interior ameaça perturbar seu equilíbrio interno, o psiquismo percebendo o perigo, coloca o organismo em defesa, liberando substâncias na corrente sanguínea como se preparando para um combate.

Ocorre que, na pessoa estressada, constantemente, tensa, ansiosa, angustiada e colérica, acontece o desgaste físico como das artérias, que provoca pressão alta, afeta o coração, provocando uma série de outras doenças e também pode afetar uma série de elementos imunológicos. Além do corpo, temos estados de humor, reações as situações do cotidiano, engolimos reações que julgamos inadequadas e o organismo sempre reage de alguma forma, embora nem sempre a ligação entre sentimentos e problemas físicos sejam evidentes.

Há muitas pesquisas que demonstram a relação do Sistema Psicoemocional com vários componentes do Sistema Imunológico, evidenciando o surgimento de uma série de doenças físicas por razões emocionais. É quando não existe um motivo orgânico para explicar dores, palpitações, alergias, queda de cabelo, menstruação fora de hora, mal-estares genéricos, indisposições e outros problemas mais sérios. Trata-se da psicossomatização (doença orgânica com causa psicológica), um sentimento que aflora por meio de uma dor ou alteração orgânica. É a dor emocional se tornando física.

Os sentimentos e as nossas emoções influenciam a nossa saúde mental e física, consequentemente, o nosso bem-estar.

Somos seres totalmente integrados, portanto, somos o que fazemos e pensamos. É importante salientar que apesar de ter origem na mente, a doença física já se instalou e, é necessário ser tratada com medicação e pelo psicólogo. A psicologia clínica, através da psicoterapia leva a pessoa a ter consciência dos seus conflitos, identificando o que sente e porque sente.

Todo ser humano passa por conflitos e problemas. O que importa não são os conflitos, mas a maneira como os encaramos e de que forma vamos conduzir nossa vida e, a partir daí, buscar o equilíbrio das emoções e garantir saúde física e mental.

 

Por Renaura Silva Francisconi Pardal • CRP 35469-7 • Psicóloga Clínica e Psicopedagoga • Av. Amador Bueno da Veiga, 1.230  cj 1002 renaura.f@hotmail.com •  99299-0932 • 2791-4005 


 

Voltar