FOTOS

Gravidez: Como prevenir e tratar a tão temida celulite!

 

Viver com saúde e em boa forma é uma grande preocupação nos dias atuais, principalmente entre as mulheres. Quando surge uma gravidez, então, essas preocupações aumentam, e não são poucas, tais como: ganho de peso e o risco de estrias, celulite, cuidados com a pele, ossos, cabelos, varizes, retenção de líquidos e dentre todos esses cuidados é claro, pensar na saúde do bebê.

A boa alimentação é imprescindível, não só para o bom desenvolvimento da criança e para saúde da mãe, mas também porque tem um papel importante na estética corporal.

A vida moderna leva as pessoas a se alimentarem mal, comendo às pressas, abrindo mão de verduras e legumes, comendo poucas frutas ou mesmo deixando de comê-las, dando preferência a sanduíches, frituras e produtos industrializados.

Esse tipo de alimentação, por si só já contribui para o aparecimento de desarmonias no corpo e, entre elas, a tão temida celulite (lipodistrofia ginoide), imagine tudo isso somado as alterações hormonais que a gravidez desencadeia.

A celulite além de ser muito desagradável esteticamente, pode acarretar dores nas regiões que aparecem e perdas funcionais.

 



A dieta deve ser fracionada e conter todos os nutrientes necessários à saúde da mãe e do bebê, e para evitar a celulite ela deve reduzir a formação de tecido adiposo, melhorar a função intestinal e a diminuir a retenção de líquidos.

Como conseguir isso tudo?

Para reduzir a formação de tecido adiposo, é claro que doces frituras e alimentos ricos em gorduras devem ser evitados.

Para melhorar a função intestinal, evitando a constipação, é necessário ter uma microflora saudável, para isso deve-se incluir na dieta alimentos ricos em fibra alimentar, como hortaliças, frutas e alimentos integrais.

Para diminuir a retenção de líquidos, devem ser evitados a todo custo o sal e produtos industrializados (ricos em sódio).

Agora, é muito importante consumir alimentos ricos em nutrientes que promovem a formação de elastina, colágeno e proteoglicanas, responsáveis pela saúde das fibras elásticas que irão prevenir o aparecimento da celulite, agir contra o envelhecimento celular, atuar como anti-inflamatórias e propiciar uma drenagem fisiológica dos tecidos, ativando a eliminação de gorduras. Tudo isso naturalmente!   

Veja alguns exemplos: aveia, cevada, salsa, grãos integrais, cavalinha, alfafa, folhas verdes, beterraba, extrato de bambu, algas marinhas, o arroz integral e soja.

Esses são pontos importantes na dieta da gestante, mas caso queira melhorar ainda mais a alimentação, outros nutrientes podem ajudar muito a prevenir e tratar a celulite. São eles, o potássio, o ferro e o zinco.

O potássio reduz o inchaço (equilíbrio dos líquidos), atua na contração muscular e mantem estável a pressão arterial. Consuma: carnes, laticínios, peixes, feijão, grãos integrais, batata, laranja, banana, damasco, melado, chá-verde.

O ferro combate a celulite por favorecer a oxigenação do sangue transportando oxigênio. Encontrado em vísceras, gema de ovo, leguminosas (feijão, lentilha, soja e grão-de-bico) vegetais verdes escuros e açaí.

O zinco fabrica células novas, é cicatrizante e reduz inflamação. Presente nas carnes, grãos integrais, legumes em geral, alho, castanha-do-pará, abóbora, semente de girassol e gérmen de trigo.


Por Edina Aparecida T. Trovões • Nutricionista CRN3-1579 • edina.trovoes@terra.com.br • Consultório: 2307-1551


 

Voltar