FOTOS

Os 60 anos da IP Penha

Igreja do bairro marca história e comemora jubileu de diamante, com gratidão e celebração

 

No mês de fevereiro a Igreja Presbiteriana da Penha, na zona leste de São Paulo, comemorou 60 anos de história. O início das atividades, aconteceram como uma pequena congregação organizada pela Igreja Presbiteriana do Brás. Organizada em 19 de fevereiro de 1956, a IP Penha, como é carinhosamente conhecida, permanece no mesmo terreno, conquistado com o esforço de irmãos que investiram fielmente na construção do templo. Em 2015, uma importante e grandiosa reforma foi feita, para acomodar melhor os membros, e receber os visitantes. 
 


A igreja comemora os 60 anos em templo novo, recentemente reformado


“Olhando para o passado, encontramos uma história de lutas e limitações humanas, mas também de grandes realizações. A Igreja nasceu, cresceu e se consolidou”, afirma Amauri Oliveira, pastor efetivo igreja.

O trabalhou frutificou em onze novas Igrejas que, por sua vez, frutificaram novas igrejas também, contribuindo para a expansão do evangelho na região.

 


Pastores, presbíteros da IPPenha, e líderes convidados


Para o Conselho da Igreja, a celebração dos 60 anos é um privilégio, pois tudo o que se alcançou até hoje, foi graça e misericórdia divina. “Sabemos que centenas ou até milhares de pessoas que aqui passaram foram abençoadas, salvas, inspiradas, treinadas, enviadas, sustentadas e pastoreadas ao longo dos anos. Muito foi investido em missões, evangelização e ação social. Só na eternidade, poderemos mensurar os frutos. Uma igreja bíblica, que trabalha para fazer a vontade de Deus, é uma benção na sociedade e luz no mundo. Esse é o nosso desejo”, declara o presbítero emérito Azor Ferreira.
 


Rev. Roberto Brasileiro, Presb. Anízio Borges, presb. Azor Ferreira, rev. Amauri Oliveira e dr. Maurício Melo de Meneses, presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie


Durante todo o ano de 2016, o jubileu de diamante será comemorado com cultos de ação de graças, louvor, corais, apresentação de teatro evangelístico e programações especiais.

Em fevereiro, o músico Thiago Grulha participou do S.O.S, um culto especialmente voltado aos adolescentes e jovens, que acontece todas as sexta-feiras na IP Penha.

O coral Jovem IP Penha também participou, cantando alegres louvores de gratidão. 

De acordo com Jean Francesco, pastor auxiliar, que desenvolve um importante trabalho com a juventude, a participação dos jovens no jubileu de diamante da igreja, é muito valioso, pois “mostra que quem faz a obra é Deus, e que é possível alcançar o coração de adolescentes e jovens, levando a verdadeira mensagem de felicidade, de satisfação e de paz”. 

 


Coral João Calvino e convidados


Ainda no primeiro final de semana das comemorações, o presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil, Rev. Roberto Brasileiro, participou dos cultos, ensinando e instruindo a igreja, de acordo com a Bíblia, encorajando os crentes a permanecerem firmes, santos e humildes diante do bondoso Deus, e convidando os visitantes a reconhecer os pecados e se render aos braços de amor do Senhor Jesus. O coral João Calvino, também da Igreja Presbiteriana da Penha, entoou lindos hinos, abrilhando o culto.

“Olhando para o presente, vemos desafios gigantescos, maiores que nossas forças e posses, mas seguimos certos de que cada um deles foi posto por Deus para nos desafiar a ir além, a cruzar fronteiras ainda não alcançadas, a alçar voos ainda não imaginados, a realizar obras maiores e mais impactantes do que tudo que já fizemos”, conclui o Rev. Amauri.

 


Coral João Calvino e Coral Jovem IPPenha

 

Programação

Domingos:
9h - Escola Bíblica Hispânica
9h30 - Culto da Manhã
10h30 - Escola Bíblica
10h40 - Culto Hispânico
19h - Culto da Noite

Terça-feira:
20h - Culto nos lares (diversos endereços)

Quarta-feiras:
15h - Culto de Oração

Quinta-feira:
20h - Estúdo Bíblico e Oração

Sexta-feira:
15h - Grupo de Terceira Idade
20h - SOS: Culto de jovens e adolescentes

 

Igreja Presbiteriana da Penha • Rua Major Rudge, 145, Penha
Tel: 2641-7654 •  ippenha@ippenha.org.br www.ippenha.org.br

 

Por Cibele Lima

 

 

 


 

Voltar