FOTOS

Como conseguir um bronzeado perfeito com a ajuda dos alimentos

 

Conseguir um bronzeado uniforme, mantendo a pele saudável sem descascar e ainda que não “desbote” em algumas semanas é o sonho de toda mulher que adora uma praia.

Para isso, que tal tratar bem da pele, com alimentação adequada, boa hidratação e evitar a exposição à radiação ultravioleta do sol e ao fumo? Uma informação importante: os maiores causadores de manchas, rugas e envelhecimento precoce na pele são os raios UVA e UVB e o fumo.

Falar em alimentação adequada à pele e ao bronzeado significa incluir na dieta alimentos que ajudam na produção da melanina, que é a responsável pela pigmentação e cor da pele sem se esquecer dos nutrientes e fitoquímicos antioxidantes protetores da ação agressiva do sol e das vitaminas envolvidas na produção de colágeno e elastina importantíssimos para a regeneração da pele, tornando-a mais jovem e firme. Mas é importante salientar que o consumo destes nutrientes não elimina a necessidade do uso de filtros solares.

Para a produção de melanina o ideal seria comer diariamente alimentos ricos em betacaroteno e Vitamina A. Uma dica é escolher alimentos cuja cor varia de amarelo ao vermelho, como cenoura, abóbora, laranja, manga, acerola, tomate, mamão e pêssego. A Vit A está presente, em menor quantidade, em vegetais folhosos verdes escuros como couve, brócolis, espinafre, rúcula e agrião. 

Incluir salada nas principais refeições e comer 3 frutas ao dia são suficientes para garantir essa necessidade.

 


Para protegê-la da ação agressiva, inclua alimentos fotoprotetores, como os ricos em licopeno (tomate e frutas vermelhas), ricos em ômega 3 ( óleo de linhaça, salmão e sementes de abóbora ) e Vitamina E (sementes de gergelim, girassol, castanha, azeite, óleo de macadâmia e óleo de linhaça). 

Uma sugestão faça um mix desses três últimos óleos e use como tempero na salada (isso ajudará também na maciez e hidratação da pele). 

A deficiência de vitamina E pode causar um aumento na formação de rugas prematuras e ainda pode favorecer o aparecimento de câncer de pele.

Só mais uma dica: existem outros nutrientes que agem em conjunto para proteger a pele contra o envelhecimento precoce e o câncer de pele.  São os alimentos ricos em zinco (ostras, carne vermelha, leite e fígado); selênio (aipo, alho, atum, brocoli, cebola, alimentos integrais, germe de trigo, frango, castanha do pará ) e  biotina (fígado, cogumelo, amendoim e leite) 

Fundamental para regeneração da pele é a Vitamina C que combate os danos da pele e as rugas, auxilia na produção de colágeno e elastina, que são proteínas que dão estrutura à pele. Sua deficiência pode comprometer a cicatrização da pele e resultar em uma pele seca e escamosa. A Vit C é encontrada na laranja, tangerina, abacaxi, acerola, goiaba e caju. 

O ideal seria uma porção por dia.

Além destas vitaminas, a niacina (vitamina B3) acalma a pele irritada, avermelhada ou manchada e pode ser encontrado no abacate, farelo de trigo, carne de vitela, fígado e milho verde. 

Produzir células, protegê-las e regenerá-las, na verdade são ações conjuntas que os nutrientes fazem diariamente interagindo entre si. Diversifique os alimentos e conseguirá excelentes resultados.
Hidratação é fundamental, beba de 8 a 10 copos de água por dia.

 

Por Edina Aparecida T. Trovões • Nutricionista CRN3-1579 • edina.trovoes@terra.com.br • Consultório: 2307-1551


 

Voltar