FOTOS


 Novembro Azul:
 Mês de Conscientização sobre o Câncer  de Próstata

 


Estamos em novembro, mês em que o mundo se une em prol da luta contra o câncer de próstata. Mas, qual a importância de discutir o assunto? Os números nos dão a resposta.

Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) mostram que, no Brasil, o câncer de próstata é o segundo tipo mais comum entre os homens. As estimativas do INCA, para 2014/2015, são de cerca de 68.800 novos casos de câncer de próstata no país.

O câncer de próstata ocorre principalmente em homens mais velhos. Cerca de 6 em cada 10 casos são diagnosticados em homens com mais de 65 anos, sendo raro antes dos 40 anos. A média de idade no momento do diagnóstico é de cerca de 66 anos. Desta forma, recomenda-se que a prevenção passe a ser feita a partir dos 45 anos se existe risco elevado para o surgimento do câncer, ou seja, casos de câncer de próstata na família. Se não existem, o homem deve visitar o urologista anualmente a partir dos 50 anos e realizar o exame de toque e de PSA, principais meios para detectar a doença precocemente, quando as chances de cura são maiores e os tratamentos, menos invasivos. Converse sempre com seu urologista sobre o tema, tirando dúvidas e quebrando preconceitos. Lembre-se que a detecção precoce pode salvar a sua vida!

O exame físico (de toque) é realizado pelo médico e dura apenas 10 segundos! Tem como objetivo analisar a consistência da próstata, o tamanho e se existem lesões palpáveis através do reto na glândula. Esse exame ainda gera muita polêmica e, talvez por isso, a conscientização sobre a gravidade da doença seja tão necessária. É preciso acabar com o preconceito que ainda existe em muitos homens. 

O exame de toque, junto com o PSA, deve ser feito anualmente, como rotina. É fundamental que todo homem entenda que a saúde deve ser colocada em primeiro lugar, acima de qualquer construção cultural que possa levar ao preconceito.

 


Você sabe o que é e para que serve a Próstata?

Apesar de pequena, do tamanho de uma castanha, a próstata tem uma grande responsabilidade. É uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen, abaixo da bexiga e na frente do reto.

Produz cerca de 70% do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozoides e é liberado durante o ato sexual. É uma substância fundamental para a vitalidade do homem e, portanto, representa um papel fundamental na fertilidade masculina.

Sintomas

Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem uma evolução silenciosa. Por isso, muitos homens não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata, também chamado de HPB. Quando alguns sinais começam a aparecer, 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura.

Os sintomas mais frequentes são:

• A sensação de que sua bexiga não se esvaziou completamente e ainda persiste a vontade de urinar.

• Sensação de dor na parte baixa das costas ou na pélvis (abaixo dos testículos).

• Problemas em conseguir ou manter a ereção.

• Sangue na urina ou no esperma.

• Dor durante a passagem da urina.

Lembre-se: A ausência dos sintomas não garante que não há problemas com a saúde do homem. Portanto, realize os exames preventivos anualmente e fique atendo para mudar os fatores de risco que independem da genética!

As evidências apontam que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e pobres em gordura, principalmente as de origem animal, não só ajuda a diminuir o risco de câncer, como também o risco de outras doenças crônicas não transmissíveis.

A melhor forma de tratar o Câncer de Próstata é a prevenção, portanto deixe de frescura e troque o preconceito pela vida.


 

Voltar