FOTOS

Campanha Anual do Agasalho no SAL

 

Qualidade de vida e conscientização corporal são palavras-chave para entender o trabalho feito pelo SAL - Cuidados Integrados do Humano. O consultório é composto por psicólogas, terapeuta corporais, psicopedagoga, fisioterapeuta, fonoaudióloga e médicos que focam no desenvolvimento integral promovendo maior conhecimento de como os processos emocionais interferem na vida do indivíduo. O SAL existe há cinco anos e foi fundado por Sueli Aparecida Lelis, psicóloga clínica especialista em psicoterapias corporais e Terapeuta Somática Biossíntese com experiência de mais de 25 anos em análise corporal. A instituição oferece diversos workshops, cursos e atividades vivenciais, e também desenvolvem eventos abertos ao público, como o Conversa Afiada, uma vivência com filmes ou discussões mediadas por especialistas que visam uma reflexão das nossas ações cotidianas em nossos relacionamentos; e o Espaço Aberto, debates com profissionais que oferecem propostas inovadoras para falar sobre diferentes temáticas.

No último dia 28 de abril, o Sal promoveu o evento Colcha de Retalhos, um encontro com filme e vivência sobre a feminilidade e que está atrelado ao lançamento da Campanha Anual do Agasalho que a instituição promove. “A zona leste é uma região muito engajada em causas sociais, principalmente com doações. Por isso escolhemos fazer o Colcha de Retalhos como um evento social diferente, que despertasse nas participantes uma mudança no olhar e na perspectiva da generosidade, fazendo com que elas resgatassem as próprias referências pessoais para aproximar sua relação com a comunidade”, afirma a psicóloga da SAL, Camila Macedo Guastaferro. 

As ações que discutirão o tema da generosidade continuam até 26 de junho e se encerram no Conversa Afiada com Liane Zink, pioneira no trabalho em psicoterapia corporal no Brasil, que esclarece “Ao falarmos de generosidade, não estamos falando de bondade ou espiritualidade e sim de troca, de vínculos. Generosidade é uma virtude, é dividir algo com o outro sem querer nada em troca. A generosidade é formadora das relações entre as pessoas. O mundo neste momento esquece destas virtudes”. 

A Campanha do Agasalho vai até junho e conta com a sua participação. Para fazer sua doação, basta ir ao SAL, localizado na Rua Nagib Izar, 426 - Jardim Anália Franco.  Para participar dos eventos abertos gratuitos, basta fazer sua inscrição no 2293-1113 e contribuir com um dos itens: 01 kg de alimento não perecível ou 01 agasalho para doação em bom estado ou 01 produto do higiene.

 

 

Por Juliana Sonsin Lima


 

Voltar