FOTOS

O sentimento se comunica

Quando estamos diante das pessoas, alguns falam, outros escutam, outros só estão ouvindo, outros não estão ouvindo nem escutando e outros que não estão ligados ao evento, são aqueles que não estão nem aí, apenas presentes.

Como e porque vemos diferenças de comportamento entre as pessoas presentes no mesmo ambiente?

Os que falam estão tentando transmitir o que se deseja ou até falando de assuntos sem importância que para alguns é conversa jogada fora.

Entretanto, dentro dos chamados ouvintes existem as categorias que passaremos a explicar:

ESCUTANDO: são aqueles que estão captando o que está se falando para o público, ou seja, estão atentos ao que está sendo transmitido pelo orador e está entendendo do assunto.

OUVINDO: são aqueles que estão apenas captando com o canal auditivo, mas, sem dar a mínima atenção ao assunto, portanto são aqueles que, se o orador perguntar algo, não terá condições de responder.

APENAS PRESENTE: são aqueles que, mesmo ouvindo, não estão nem aí apenas estão presentes no ato. Se alguém perguntar se estão gostando, podem até responder: “gostando do quê?”.

Vejam leitores que não basta ter um canal auditivo, é preciso fazer uso da mente e do sentimento para captar os sons e registrá-lo na memória.

Diante disso tudo, o que está acontecendo, nesse ambiente?

É a comunicação do sentimento, se de um lado está o orador tentando comunicar algo é preciso que do outro lado, os ouvintes estejam querendo receber esta mensagem.
O orador percebe quando do outro lado não estão captando ou se interessando pela sua palestra.

O ouvinte também percebe quando o orador não tem firmeza ou não tem conhecimento do assunto e também, das suas fraquezas, porque o sentimento se transmite e acaba chegando ao ponto de abandonar o recinto.

Portanto, seja um orador ou um empresário, precisamos ter conhecimento da transmissão do sentimento.   Porque se o ouvinte/cliente não está gostando de algo, o orador/empresário deve captar esse sentimento.

Tudo aquilo que se pensa ou se sente é transmitido através das ondas hertzianas, por isso é necessário corrigir a tempo para não perder essa oportunidade.

Por Hatiro Shimomoto - escritor, Presidente da Organização King de Contabilidade; Hatiro Shimomoto Advocacia; TRIJAB - Tribunal de Justiça Arbitral do Brasil; ABRADE - Associação Brasileira de Defesa das Empresas;  Dep. Estadual 6 mandatos. Professor, advogado e contabilista
.


 

Voltar