FOTOS

 

Vestibular Chegando Conhecendo a profissão de Nutricionista, suas competências, formação e áreas de trabalho


“Que teu alimento seja teu remédio e teu remédio seja teu alimento” (Hipócrates – 460-377 A.C.) Essa frase resume a essência e a constante preocupação do profissional nutricionista que, associando a alimentação a questões culturais, sociais, política e biológicas busca soluções para uma vida mais saudável. De uma forma geral o nutricionista é o profissional preparado para pensar, executar e rever ações que garantam a segurança alimentar de uma só pessoa ou de toda uma população, promovendo ou recuperando a saúde, prevenindo e tratando algumas doenças em prol de uma melhor qualidade de vida. É uma profissão regulamentada e da área da saúde. Graças às descobertas da ciência sobre a importância da alimentação, o nutricionista está em posição de destaque e quando bem qualificado, vem sendo requerido a participar em vários ramos de atividade. O nutricionista deve ser observador e perseverante para desenvolver suas funções, e possui entre suas competências: Planejar, prescrever, analisar e supervisionar dietas em hospitais, ambulatório e casas de longa permanência, para pessoas doentes. Prescrever e aconselhar alimentação saudável a indivíduos ou coletividade não doentes. Dirigir e coordenar curso de nutrição além de ensinar as disciplinas. Planejar, organizar, dirigir, supervisionar e avaliar serviços de alimentação e nutrição; Fazer auditoria, consultoria e assessoria em nutrição e dietética, Além disso: Prescrever suplementos nutricionais, quando necessário. Solicitar de exames laboratoriais; Desenvolver produtos alimentícios; Dar treinamento em alimentação e nutrição; Fazer marketing na área de alimentação e nutrição; Efetuar inspeção sanitária; A faculdade apresenta um pool de matérias básicas, outras específicas e algumas complementares, conhecer esse conteúdo poderá ajudar a entender se existe afinidade entre a sua vocação e as exigências da profissão, afinal de contas algumas dessas matérias faram parte de toda a sua vida profissional, exemplos: Matérias de base: biologia, microbiologia e histologia; química e bioquímica; anatomia; fisiologia e parasitologia. Matérias mais específicas: estudos e microbiologia dos alimentos; nutrição (normal, nas patologias e para cada fase do ciclo da vida); avaliação do estado nutricional; educação nutricional; técnicas dietéticas; patologia e saúde; tecnologia e toxicologia dos alimentos; higiene e inspeção dos alimentos; administração de serviço de nutrição. Além de introdução à estatística, à sociologia, à psicologia, à comunicação e à economia; metodologia de pesquisa e epidemiologia. Locais de trabalho: Hospitais e clínicas, instituições de longa permanência para idosos (ILPI), ambulatórios e consultórios, bancos de leite, lactário, SPA e home care. Restaurantes comerciais e similares, cozinha industrial, hotelaria marítima, serviços de buffet, alimentação escolar e alimentação do Trabalhador (cesta básica / refeição-convênio) Trabalhar em políticas e programas institucionais, atenção básica em saúde e vigilância sanitária. Ensino e pesquisa relacionados à alimentação e nutrição. Desenvolvimento de produtos destinados à alimentação e nutrição Academias, clubes esportivos e similares. Marketing na área de Alimentação e Nutrição Personal diet 

Edina Aparecida Tramarin Trovões • Nutricionista CRN3-1579 edina.trovoes@terra.com.br

 


 

Voltar