FOTOS

Como escolher o melhor exercício para você? 

Sabemos que nos dias de hoje, é impensável ir a qualquer consulta médica e não sermos questionados a respeito dos exercícios físicos. Imprescindível à manutenção da saúde geral, nos vemos à frente de diversas modalidades nos mais diferentes locais e tipos a escolher. Mas qual escolher nesse mundo de musculação, natação, ginástica, pilates, lutas, treinamento funcional, danças etc.? Para Tiago Martins, educador físico, lutador e personal trainer, o corpo é uma máquina complexa e, embora quem comece um programa de exercícios acredite que vai começar a se sentir e parecer melhor imediatamente, as coisas não são tão simples. Muita coisa acontece com o corpo quando você começa a se exercitar, e é bom saber o que se pode esperar, o que está acontecendo, e como este conhecimento pode ser usado para melhorar a rotina de exercícios. 


Quando se pensa em iniciar a rotina de atividades, é importante levar em consideração, os objetivos que se pretende alcançar, a sua saúde atual, o tempo que se tem para destinar à pratica, e o local onde será usado. Então pode-se estabelecer qual tipo de exercício será feito. Treinamento Aeróbio De forma geral, o treinamento aeróbico é aquele caracterizado por uma baixa intensidade e longa duração. Dentro desse tipo de treinamento encontramos a caminhada, a corrida contínua, a natação, as aulas de dança e ginástica, entre outras. Ele deve ser prescrito por um profissional de educação física e será levado em consideração, a idade, o condicionamento físico atual, o peso e os hábitos do indivíduo. A melhor maneira de prescrevê-lo é a partir de uma avaliação física para a determinação de uma zona alvo de frequência cardíaca. Segundo o ACSM (American College of Sport Medicine), deve ser feito de 15 a 60 minutos contínuos e de 3 a 5 vezes por semana. Ele melhora o desenvolvimento do sistema cardiovascular e respiratório, reduz os estoques de gordura, melhora a disposição, o sono, entre outros benefícios. Treinamento Anaeróbio Treinamento anaeróbio está associado à ideia de exercícios realizados em curta duração com alta intensidade, com intervalos curtos, com variações de intensidade dentro da mesma atividade. Tem como característica, mudanças na frequência cardíaca. Dentro desse treinamento encontramos: as corridas intervaladas, alguns esportes como futebol, o treinamento funcional, a maior parte das aulas de lutas, etc. Muito usado na preparação física de diversos esportes, e muito eficientes também na queima de gordura, já que atua de forma diferente do sistema aeróbio, sendo otimizado após o término do exercício. Este tipo de treinamento, normalmente não é passado para iniciantes, embora haja exceções. Treinamento com Cargas Antigamente usado apenas por atletas e pessoas que queriam aumentar a massa muscular, o treinamento com cargas ou de força hoje em dia, é recomendado para todas as idades, sexo, esportes e objetivos. Prescrito para quem quer melhorar a força, desde atividades da vida diária à performance esportiva. Nesse modelo de treinamento vamos encontrar a musculação, o treinamento funcional, o pilates entre outros. Esse tipo de treinamento envolve desde pessoas que procuram aumentar a massa muscular, a força, a potência, até indivíduos que procuram ter uma melhora de marcha, segurar objetos, agachar e elevar algo do chão. Hoje em dia é complemento de quase todos os esportes e podem ser realizados de 3 a 5 vezes por semana com intensidade e estímulos variados. Treinamento de Resistência A resistência muscular localizada tem como característica a capacidade de manter a força por períodos prolongados. Para o trabalho de resistência tem sido recomendadas cargas entre 30-60% da máxima com repetições acima de 15 movimentos. Nesse caso encontramos a musculação, as aulas de ginástica, o pilates, o treinamento funcional, etc. Importantes também para algumas práticas esportivas e para as atividades da vida diária. Este tipo de treinamento é muito usado pelos professores de academia para iniciação. Tiago, lembra ainda, que sempre deve-se procurar um professor de educação física para ajuda-lo nessa escolha, e salienta: A atividade física, é imprescindível para uma boa saúde, seja ela qual for.


 

Voltar