FOTOS

Como ter certeza absoluta de que uma mulher está fingindo orgasmo? 

Não dá para saber ao certo, mas você pode ficar atento a algumas pistas 



Não dá para saber ao certo, mas você pode ficar atento a algumas pistas. Tremores, por exemplo, são indícios de que o orgasmo chegou (isso para ambos os sexos). Como o clímax, o ápice do prazer vem com uma carga máxima de adrenalina e, logo depois, uma de endorfina, que acalma os ânimos, os nervos e os músculos chegam a apresentar espasmos, igualzinho como acontece com você quando faz uma atividade física muito intensa sem ter condicionamento para isso e pára de repente. As mulheres costumam ter contrações em toda a região pélvica, principalmente na vagina. A lubrificação também ajuda, a saber: se a área estiver seca, é provável que ela não esteja nem excitada (aí é bom você trabalhar um pouco mais!). Bom, na falta da certeza do gozo alheio, vale lembrar que o fingimento pode ser uma demonstração de amor (já que as mulheres costumam proteger os homens neste quesito). Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos com 16 mil mulheres sexualmente ativas mostrou que, quanto maior o comprometimento entre o casal, mais chances de elas simularem que ficaram satisfeitas; tudo para não deixar o parceiro triste ou inseguro. Estudos realizados em vários países do mundo também mostram que uma em cada cinco mulheres que não tem orgasmo finge ter. Entre os homens, apenas um em cada 20 faz o mesmo. 

Acompanhe o quadro da Dra Carla no programa do Otávio Mesquita no SBT nas 3ª feira (de 3ª para 4ª feira) às 02:30hs da madrugada. 

Carla Cecarello Psicóloga e Sexóloga CRP-06/35.812-0 • Tel. (11) 3887-5123 e 3884-2059 • www.carlacecarello.com.br


 

Voltar