FOTOS

 

Parque do Ibirapuera comemora 60 anos 
Um dos mais belos símbolos da cidade completou em agosto 60 anos, fortalecendo sua importância em vários aspectos para a cidade. É um dos pulmões, com sua grande área verde, que abriga um imenso número de espécies de árvores e plantas e uma rica fauna. O Parque tem um viveiro aberto ao público com destaque para as plantas ornamentais e orquídeas. É também um dos principais polos de lazer e prática de atividade física e esportivas, com aparelhos de ginásticas, 11 quilômetros de pistas para caminhadas e corridas, 3 quilômetros de ciclofaixa, sete quadras poliesportivas para jogar vôlei, basquete e futebol, além de dois playgrounds. O Ibira, como é chamado carinhosamente, abriga espaços culturais como o Planetário, a Bienal da Artes, os Museus de Arte Contemporânea (MAC), de Arte Moderna (MAM), Afro-Brasil e a OCA, além do Auditório do Ibirapuera. O parque também é palco de espetáculos musicais, principalmente nas manhãs de domingo. O local preferido é a praça da Paz, que já recebeu apresentações de lendas como o americano Ray Charles, que reuniu cerca de 150 mil pessoas, e a Orquestra Filarmônica de Nova York, que teve público de aproximadamente 140 mil. Mas o recorde de público ficou por conta de um grupo brasileiro, o KLB, que atraiu 170 mil pessoas ao local. O recorde nunca será batido porque, por medida de segurança, a administração do parque fixou a lotação máxima da praça em 30 mil pessoas. O Parque recebe cerca de 220 mil visitantes a cada semana. Somente aos domingos, são em média 120 mil visitantes. Recentemente, o parque foi eleito pelos usuários do site de turismo TripAdvisor como o oitavo melhor do mundo, e o melhor parque da América Latina.

 


 

Voltar