FOTOS

Penha de França 347 anos de Fé 


Como missão trago hoje um texto que nos leva a refletir em uma realidade que queiramos ou não faz parte da nossa realidade, como moradores, comerciantes ou simplesmente pessoas transeuntes deste bairro, que recebeu uma responsabilidade importante para a Cidade de São Paulo. Mas para entendermos melhor, gostaria de levar a todos primeiro, a refletirmos juntos o significado não da palavra, mas sim da atitude de Fé. O significado da Fé. De acordo com a etimologia, a palavra fé tem origem no Grego "pistia" que indica a noção de acreditar e no Latim "fides", que remete para uma atitude de fidelidade. Fé, uma palavra que significa "confiança", "crença", "credibilidade". A Fé é um sentimento de total crença em algo ou alguém, ainda que não haja nenhum tipo de evidência que comprove a veracidade da proposição em causa. Ter Fé implica em uma atitude contrária à dúvida e está intimamente ligada a confiança. Isto quer dizer, por mais que tenhamos a intenção de rebater ou tirar a importância de alguma coisa ou alguém, que foi construído a partir de uma convicção e princípio de Fé, apenas com um argumento de grande relevância poderá mudar esta verdade. No contexto religioso, a Fé é uma virtude daqueles que aceitam como verdade absoluta os princípios difundidos por sua religião. Ter Fé em Deus é acreditar na sua existência aceitando a verdade de sua Onisciência, Onipotência e Onipresença. A fé cristã implica crer na Bíblia Sagrada, na palavra de Deus, e em todos os ensinamentos pregados por Jesus Cristo, o enviado de Deus. Na Bíblia há inúmeras referências ao comportamento do cristão que age com fé. Uma das frases sobre o tema afirma que "a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se veem". (Hebreus 11,1) Depois desta breve introdução sobre o sentido da Fé quero tratar do assunto ao qual me foi proposto. A confiança e credibilidade de nosso bairro da Penha. Por muitas vezes discorremos sobre nosso bairro em textos abordando sua fundação, que sem dúvida é o nosso patrimônio histórico e de grande relevância cultural. Mas eu gostaria de abordar a importância física de nosso bairro para a cidade de São Paulo e do místico estabelecido a partir da história de nossa fundação. Só para recordar. "Na cidade de São Paulo, em 1667, foi erguida uma pequena capela em devoção a Nossa Senhora da Penha de França e, em seu entorno, desenvolveu-se um dos bairros mais antigos, populosos e tradicionais da capital paulistana: a Penha de França, que, atualmente, abriga a antiga Igreja Matriz (na região conhecida por "igreja velha") e a Basílica (conhecida por "igreja nova"), cuja pedra fundamental foi lançada em 1957. Ambos os Templos são dedicados a Nossa Senhora da Penha de França e sua data festiva é celebrada a cada dia 8 de setembro". (Material extraído do Wikipédia) Agora vamos trazer toda essa informação para nossa realidade atual, sabendo que a Fé é o ato de confiar, de dar crédito, só posso entender que a nós foi creditado ou confiado uma grande responsabilidade sócio econômica e de relevância religiosa. Não nos cabe ficar, discutindo se devemos ou não evoluir juntamente com a cidade de São Paulo, a nós nos resta sim a responsabilidade de dar respostas concretas a esta cidade que a centenas de anos sempre nos confiou esta missão de ser um bairro responsável pelo desenvolvimento e crescimento de toda a cidade, não tirando e nem diminuindo a responsabilidade dos outros bairros de nossa Grande Metrópole chamada São Paulo. Por vezes nos encontramos reunidos em grupos pensando o quanto fomos importantes para o desenvolvimento desta cidade e que hoje deixamos de ser o eixo de comércio de nossa região. Chegamos sempre a mesma conclusão, nossa região era muito visitada por pessoas de diversos bairros e até mesmo outras cidades do Estado de São Paulo e de outros Estados, até mesmo de outros Países. E hoje vivemos mais dentro de uma realidade local. Como bairro ficamos cada vez mais a margem dos projetos de desenvolvimento e investimentos em nossa cidade, mesmo que ainda façamos parte sendo eixo de acesso entre importantes rodovias federais e estaduais. A nossa estrutura como bairro tem se esforçado em se manter responsável de oxigenar a região da zona leste e até mesmo a cidade de São Paulo com um comércio forte, diversificado e inovador, mesmo que por muitas vezes por conta de entraves burocráticos somos impedidos em nosso crescimento. A nós foi confiada uma missão, participar das ações pioneiras no progresso de nossa cidade e nos empenhamos em executa-la. Posso dizer que o mesmo povo que participava dos momentos de manifestações religiosa antigamente continuam buscando nosso bairro para aqui depositar sua confiança em Deus. Em nosso bairro agregamos diversas estruturas de comunidades Cristãs e de outras culturas religiosas que convivem em harmonia, sempre se respeitando e abrindo cada vez mais espaço para um diálogo fraterno, esta atitude louvável faz com que cada vez mais sejamos este bairro forte e promissor. Agora o que precisamos é erguermos nossos olhos para o Céu e enxergarmos o quanto grandes e importantes somos para a evolução de nossa cidade a partir de nossa Fé. Ser um bairro que contribui para o desenvolvimento social, moral e espiritual é realmente uma grande responsabilidade, e que foi confiada a nós esta missão e que com grande entusiasmo desempenhamos. Este mês estamos em festa, comemoramos mais um ano de existência do nosso bairro da Penha, a cidade sempre voltou os seus olhos para nosso bairro quando precisou de uma Intervenção do Céu porque sempre soube que aqui existe um povo de oração de braços abertos para acolher todos os que conosco querem pedir e agradecer a Deus por Sua proteção. Neste 347º aniversário somos convidados a nós unirmos para comemorar a graça de sermos Penhenses de coração morando ou não neste bairro. Viva a Penha de França.


 

Voltar