FOTOS

Televis?o Brasileira Um breve relato de uma grande hist?ria 18 de setembro ? comemorado o Dia da Televis?o. A primeira transmiss?o televisiva aconteceu em 26 de Fevereiro de 1926. Gra?as ao escoc?s Jhon Logie Baird, que apresentou um modelo mec?nico de televis?o para um grupo de cientistas em Londres na Inglaterra. No nosso pa?s essa tecnologia s? chegaria 24 anos depois, mais precisamente em 18 de setembro de 1950, quando foi inaugurada a primeira emissora brasileira, a TV Tupi, canal 4, que hoje ? conhecida como SBT (Sistema Brasileiro de Televis?o). A atriz Yara Lins emprestou sua voz para anunciar o primeiro programa de televis?o exibido no nosso pa?s. Mas o dia que se comemora essa maravilha ? em 11 de agosto, data que homenageia Santa Clara, oficialmente reconhecida como padroeira da TV pelo Papa Pio XII, em Roma. Sua m?e, ainda gr?vida, recebeu uma mensagem que dizia que sua filha traria a luz ao mundo, motivo pelo qual recebeu o nome de Clara. De fam?lia nobre, Clara se entregou ? vida devota da caridade, seguindo os princ?pios de S?o Francisco de Assis, de pobreza e fraternidade. As primeiras transmiss?es televisivas foram feitas no in?cio do s?culo XX, atrav?s de ondas eletromagn?ticas enviadas pelas transmissoras de televis?o. A partir da d?cada de 30 as transmiss?es televisivas tornaram-se regulares, nos Estados Unidos e Europa. At? ent?o, as transmiss?es televisivas eram em preto e branco, sendo que o modelo a cores passou a funcionar a partir de 1954. Nos anos 70 a televis?o teve o seu ?pice, sendo comercializada em grandes quantidades, tornando-se rapidamente o maior ve?culo de comunica??o. A partir dos anos 90 surgiram nos Estados Unidos os canais de televis?o por assinatura, com transmiss?o a cabo, feita atrav?s de c?digos que s? s?o liberados com a compra do produto. Esse modelo de TV chegou ao Brasil rapidamente, mas popularizou-se somente ap?s os anos 2000. Ao longo de sua hist?ria a televis?o foi passando por transforma??es, estando cada vez mais aperfei?oada. Hoje em dia podemos contar com transmiss?es digitais, sendo os aparelhos desenvolvidos com tecnologia de cristal l?quido, com imagens e sons perfeitos. Em 19 de Setembro de 1950, dia seguinte a inaugura??o da TV no Brasil, era exibido o primeiro telejornal brasileiro chamado ?Imagens do Dia?. A seguir eram transmitidos espet?culos de dan?a exibidos no Teatro Municipal de S?o Paulo, pe?as do Teatro Brasileiro de com?dia e programas como TV Vanguarda, com atores encenando ao vivo. Um ano depois a TV Tupi era inaugurada no RJ e lan?ava o telejornal ?Rep?rter Esso?, que ficou no ar at? final da d?cada de 60. Em 1953, a TV Record de SP iniciava suas transmiss?es, sendo como principal produto os programas infantis. Com o passar dos anos come?aram a gravar e editar as imagens antes de ir ao ar. A respons?vel por introduzir a telenovela foi a TV Tupi. A primeira telenovela brasileira era exibida duas vezes por semana e chamava-se ?Sua Vida Me Pertence?, estrelada pela dupla de atores Vida Alves e Walter Forster, que tamb?m foram respons?veis pelo primeiro beijo na TV. Somente na d?cada de 60 passam a ser patrocinadas por produtos de lavar roupa. Em 1963 entra no ar a TV Excelsior e lan?a a primeira telenovela di?ria ?2-5499 ? Ocupado? com Tarcisio Meira e Gl?ria Menezes. Ficou no ar por 3 meses. Mas o primeiro grande sucesso de audi?ncia foi ?O Direito de Nascer?, exibida pela TV Tupi em 1965. Tr?s anos depois veio ?Beto Rockefeller?, dirigida por Walter Avancini e Lima Duarte, que chega com tema nacionais e com uma linguagem da ?poca. Na d?cada de 70 a rede Globo de Televis?o, fundada em 1965, assume a lideran?a na produ??o de telenovelas e torna-se imbat?vel na audi?ncia at? os dias de hoje. Tendo suas produ??es exportadas para mais de 120 pa?ses, como ?O Bem Amado?, em 1973, tendo no elenco Paulo Gracindo e Lima Duarte. ?Escrava Isaura?, em 1976, que lan?ou grandes atores como Luc?lia Santos e Edwin Luisi. Armando Nogueira, ex-diretor da central Globo de Jornalismo, recorda que na ?poca em que lan?ou o Jornal Nacional foi para competir com Rep?rter Esso da Tupi. E chegou para mostrar a verdade de tudo que acontecia no mundo, por?m muita pauta foi censurada, n?o podendo ir ao ar. N?o se pode falar em televis?o e n?o mencionar o nome dessas grandes personalidades. Jos? Bonif?cio de Oliveira Sobrinho, o Boni, e Maria Augusta Matos, falecida em 08 de Julho de 1993 aos 74 anos. Guta. como era carinhosamente chamada pelos astros e estrelas da ?poca, trabalhou mais de 20 anos na TV Globo e foi incentivo e exemplo para v?rias gera??es de atores. Tinha um cadastro com mais de 500 artistas e cuidava da rotina de grava??o de cada um deles. Muitos diretores sempre podiam contar com ela para decidir quem era o ator ideal para dar vida a cada personagem. A primeira novela que Guta desempenhou a fun??o de supervisora foi em ?Pigmale?o 70? de Vicente Sesso, com T?nia Carreiro no elenco. Logo Guta foi convidada para ser a respons?vel pelo departamento de elenco, ficando por 24 anos nesse cargo at? sua morte em 93. Guta cuidava at? das correspond?ncias dos atores e cuidava tamb?m daqueles que adoeciam. Era considerada a m?e dos atores. Muitos atores de renome frequentavam sua sala para pedir conselhos ou mesmo para se desabafar sobre algum problema, seja ele profissional ou pessoal. Apesar de n?o ter casado nem ter filhos, se considerava m?e de mais de 400 filhos referindo-se ao elenco da casa. Entre eles Tony Ramos, Walmor Chagas, Aracy Balabanian, Eva Wilma e Carlos Zara. Jos? Bonif?cio (Boni) aos 15 anos mudou-se para o Rio de Janeiro para iniciar a carreira no r?dio. Ficou como ajudante do autor de novelas Dias Gomes, que o encaminhou para um curso de r?dio. Trabalhou na R?dio Nacional, onde conheceu Manuel de Nobrega que estava ? procura de redatores para trabalhar na filial de SP, onde virou seu secret?rio. Aos 17 anos aceitou o convite para trabalhar na TV Tupi. Um ano depois foi para TV Paulista trabalhar de assistente do diretor art?stico Roberto Corte Real. Neste mesmo ano foi trabalhar de redator na R?dio Bandeirantes. Em 1955 tornou-se chefe do departamento de r?dio e televis?o da ag?ncia de publicidade Lintas Propagandas, onde trabalhou ao lado de Guta Matos. Logo depois foi diretor de propaganda da gravadora RGE, lan?ando artistas como Maysa e Chico Buarque de Holanda. Boni, ao lado de Walter Clark, fez o formato b?sico de programa??o da TV Globo, com hor?rio nobre, formada por tr?s novelas e o Jornal Nacional. Walter Clark foi o respons?vel tamb?m pela entrada de Daniel Filho, Dias Gomes e Janete Clair na Rede Globo. Ele esteve envolvido na cria??o de programas como Fant?stico, Voc? Decide, do seriado Mulher, escreveu letras dos temas , escreveu letras dos temas de abertura do Fant?stico, das novelas Que Rei Sou Eu e Tieta. Em 1970 passou a ser o superintendente de produ??o e programa??o da Rede Globo. Na d?cada de 80 assumiu a vice-presid?ncia, fun??o que exerceu ate 97, quando foi substitu?do por Marluce Dias da Silva. por Cau? Bonif?cio

 

Voltar