FOTOS

Dr. Clóvis é o novo delegado do 10º D.P Penha de França
por Arilton Batista


(Foto: Silvia Freitas / policiacivil.sp.gov.br)

O 10º Distrito Policial da Penha conta como delegado titular, desde 22 de maio de 2014, com o Dr. Clóvis Ferreira de Araújo, que, aos 50 anos, possui um currículo extenso e sólido dentro da polícia de São Paulo, tendo sido premiado em diversas oportunidades pelos serviços prestados à população. Exemplo disso é o “Oscar – Projeção Nacional” na categoria de Melhor Delegado de Polícia, concebido no ano de 2004.

Numa entrevista exclusiva à revista CityPenha ele falou um pouco sobre a carreira, anseios e também avaliou, em termos de segurança, a região de abrangência da 10ª D.P. Confira!

CityPenha: Onde o senhor atuava antes de assumir o cargo aqui na 10ª?
Delegado Dr. Clóvis: Anteriormente era Delegado de Policia Coordenador do Centro de Inteligência Policial da 5ª Seccional – Leste.

CityPenha: Como o senhor vê, em termos de segurança e vulnerabilidade, a região da Penha e a área de abrangência da 10ª D.P?
Delegado Dr. Clóvis: A área de abrangência da 10ª Distrital, incluindo a Penha, é muito extensa e também experimenta, diariamente, um fluxo muito grande de pessoas e veículos provindos de outras regiões da capital e grande São Paulo, o que, obviamente, a torna uma região de maior vulnerabilidade. Entretanto, consoante demonstram as estatísticas, pode ser considerada uma região de maior segurança, principalmente quando comparada a outras áreas que apresentam as mesmas características geográficas e populacionais.

CityPenha: Nessa mesma época do ano, só que em 2013, foram 826 o número total de inquéritos policiais instaurados na 10ª D. P. Esse ano são 120 a menos; 706 no total. Ao que o senhor atribui essa baixa? Dá para dizer que a região, mesmo que um pouco, se tornou menos violenta?
Delegado Dr. Clóvis: A diminuição das instaurações de Inquéritos Policiais, em relação a mesma época no ano de 2013, deve-se principalmente ao trabalho da policia. Uma integração dos serviços de inteligência policial e dos setores de investigações da Delegacia permitiram um considerável aumento nos índices de esclarecimento de crimes e a prisão de infratores que atuavam na região. Além disso, uma atuação conjunta da Policia Civil e da Policia Militar na área do 10º DP tem surtido efeitos positivos no combate a criminalidade da região. Logicamente, em razão do exposto, a região tornou-se menos violenta do que no passado.

CityPenha: Vamos pensar que a região leste, num contexto geral, passou e passará por uma valorização com a realização da Copa do Mundo. Em termos de segurança púbica, o que dá para dizer que ficará como legado para o pessoal da Penha, por exemplo, que comporta uma das principais vias de acesso à Arena Corinthians (Avenida Tiquatira), em Itaquera?
Delegado Dr. Clóvis: O legado dos investimentos públicos na região da Penha pós Copa do Mundo, no meu ver, tem reflexos tanto na organização do transito local, transporte coletivo de melhor qualidade, como também no que refere a uma potencial ação preventiva especializada no combate ao crime de um modo geral, por conta de aprimoramentos de estudos de mapeamento e georeferenciamento de praticas infracionais.

CityPenha: O senhor gostaria de deixar alguma mensagem para os penhenses? Fique à vontade.
Delegado Dr. Clóvis: Aproveito para comunicar que um dos maiores problemas enfrentados nos últimos tempos pela 10ª DP, que eram os veículos apreendidos estacionados em vias públicas no entorno da delegacia, está em franco processo de solução. A Diretoria do DECAP e a 5ª Seccional de Policia coordenaram a remoção de grande parte dos automóveis e também foi instalada na 10ª DP a 5ª Equipe de Policia Judiciaria, que poderá melhor atender a população. Além disso, os índices de esclarecimento de delitos estão crescendo, ou seja, estão sendo identificados e presos os infratores que cometem crimes na região, de maneira que aos penhenses deixamos a mensagem de trabalho e perseverança da policia civil do 10ª DP, no sentido de combater, efetivamente, a criminalidade e atender cada vez melhor a população da nossa estimada região.

 

Voltar