FOTOS

O que fazer para reduzir o consumo de água em casa
Medidas simples no dia a dia ajudam a eliminar 20% do consumo de água e, com isso, garantir desconto de 30% na conta no final do mês

Cada um dos quase 10 milhões de moradores abastecidos pelo Sistema Cantareira consume, em média, 161 litros de água por dia. Para atingir a meta de redução de 20% estabelecida pela Sabesp e, consequentemente, pagar até 30% menos de conta no mês, o consumo per capita tem que cair para 128 litros. Cada pessoa deve economizar 33 litros diários. Não é impossível, basta estar disposto a mudar alguns hábitos. Vale lembrar que, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), uma pessoa pode viver normalmente com 110 litros por dia sem prejudicar higiene, alimentação e outras atividades.

Os vilões do desperdício

Os vazamentos são o maior vilão quando o assunto é desperdício de água. Por exemplo: uma torneira gotejando desperdiça mais de 40 litros de água por dia. Já se estiver correndo um filete de água de aproximadamente dois milímetros, o desperdício sobe para mais de 130 litros por dia. 

O banho vem na sequência no desperdício de água. Em casas, um banho de ducha de 15 minutos, com o registro meio aberto, consome 135 litros. Se o banho durar 5 minutos, com o registro fechado enquanto se ensaboa o corpo, o consumo cai para 45 litros – economia de 90 litros. Em apartamentos, os números são mais alarmantes: um banho de 15 minutos consome 243 litros de água; reduzindo o tempo para 5 minutos, a economia pode chegar a 162 litros. 

O vaso sanitário é a terceira maior fonte de gasto de água. Uma bacia sanitária com válvula e tempo de acionamento de 6 segundos gasta de 10 a 14 litros por descarga. Por isso, não se deve utilizar o vaso sanitário como lixeira ou cinzeiro e nunca acionar a descarga à toa. É importante também consertar os vazamentos assim que eles forem notados e manter a válvula sempre regulada – ou o consumo pode chegar a 30 litros de água por descarga. 

Outras dicas importantes 

- Escovar os dentes com a torneira aberta durante cinco minutos gasta 12 litros de água em casa e 80 litros em apartamento. Mas, se a torneira for aberta apenas para molhar a escova de dentes e se for utilizado um copo de água para enxaguar a boca, a economia é de 11,5 litros de água em casa e de 79 litros em apartamento. 

- O mesmo vale para o barbear. Em 5 minutos gastam-se 12 litros em casa e 80 litros em apartamento. Abrindo a torneira apenas para o enxague, pode-se economizar até 9 litros de água em casa e 79 litros em apartamento. 

- Lavar a louça com a torneira meio aberta durante 15 minutos consome 117 litros de água em casa e 243 litros em apartamentos. Com economia, o consumo pode chegar a 20 litros. Por isso, ao lavar a louça, limpe os restos de comida dos pratos e panelas e só depois abra a torneira para molhá-los. Com a torneira fechada, ensaboe toda a louça e, então, abra a torneira para enxaguar. 

- Uma lavadora de roupas com capacidade para 5 quilos gasta 135 litros. O ideal é usá-la com a capacidade total e, no máximo, três vezes por semana. 

- A água do tanque ou máquina de lavar pode ser reaproveitada para lavar o quintal ou a calçada. 

- Ao molhar as plantas durante 10 minutos com a mangueira aberta, o consumo de água pode chegar a 186 litros. Para economizar, faça a rega de manhãzinha ou à noite, o que reduz a perda por evaporação. Use um regador ou, em último caso, uma mangueira com esguicho-revólver, podendo chegar a uma economia de 96 litros de água. 

- Lavar calçada com a mangueira é um hábito comum e que traz grandes prejuízos. Em 15 minutos são perdidos 279 litros de água. Por isso, deve-se usar a vassoura para limpar a calçada e o quintal. 

- Lavar o carro durante 30 minutos com a mangueira não muito aberta gasta 216 litros de água. Com meia volta de abertura, o desperdício chega a 560 litros. Para reduzir, basta lavar o carro somente uma vez por mês com balde. Nesse caso, o consumo é de apenas 40 litros. 

As dicas de economia de água valem para todos, mas é importante identificar como você e sua família consomem água e onde podem economizar. Para isso, a Sabesp disponibiliza um “Simulador de Consumo”. Confira no
http://www.sabesp.com.br/CalandraWeb/animacoes/index.html.


 

Voltar