FOTOS

Sol intenso pode danificar a pintura e o interior do veículo



O Sol intenso pode causar problemas à saúde e também tem grandes chances de causar dor de cabeça para todos que precisam deixar o carro estacionado em lugar descoberto.

A alta incidência de raios UV pode danificar a pintura do veículo, principalmente nas partes horizontais (teto e capô), que recebem diretamente os raios solares. 

Porém, caso você não tenha o hábito de deixar seu carro exposto por horas ou dias a fio, não há porque se preocupar, já que esses problemas só aparecem em longo prazo e, por isso, são mais comuns em carros mais antigos.

Outro fator com forte influência é a cor de cada carro. Quem mais sofre com os efeitos solares são os carros de cores escuras, como os pretos, vermelhos, azuis e verdes.
 
Quer proteger o seu carro do calor insuportável? 

Invista em uma capa automotiva, que além de manter o interior mais fresco ajuda a proteger a pintura.

Outro item que colabora com o visual externo é a cristalização, que consiste na aplicação de uma película de cera protetora na pintura, aumentando sua vida útil. O polimento também é recomendado, porém não deve ser feito com muita frequência, já que seu uso constante acaba desgastando a pintura.


Interior também deve ser protegido

Além da pintura, outros componentes do carro sofrem com o sol forte. O painel de um veículo que fica exposto a uma temperatura de 35ºC chega a atingir 65ºC. Se o automóvel for de cor preta, o calor que incide sobre as peças pode chegar a 68ºC.

Com isso, a borracha pode apresentar ressecamento com o tempo e as partes plásticas, abundante em carros populares, podem ficar esbranquiçadas. O interior quente também inspira cuidados para os passageiros, principalmente crianças, que podem sofrer queimaduras ao encostar no painel, na fivela dos cintos ou até mesmo nos bancos.

A ação dos raios UV acaba desbotando o tecido do interior, e a superfície do painel, ressecando o revestimento couro além de deteriorar outros itens de acabamento e borrachas de vedação. Dependendo do tipo de plástico usado em alguns componentes, a ação do sol também pode causar rachaduras na peça. Para evitar esse tipo de problema uma boa alternativa é instalar películas de boa qualidade nos vidros, dentro dos limites de transparência previstos em lei.

 Sérgio Benedito Basílio
Cursos | Funilaria | Lava-Rápido | Estacionamento
(11) 3673-6090       Cel: (11) 9.9636-9900
www.lavepark.com.br   basilio@lavepark.com.br


 

Voltar